Repositório Digital

A- A A+

O bem viver kaingang : perspectivas de um modo de vida para construção de políticas sociais com os coletivos indígenas

.

O bem viver kaingang : perspectivas de um modo de vida para construção de políticas sociais com os coletivos indígenas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O bem viver kaingang : perspectivas de um modo de vida para construção de políticas sociais com os coletivos indígenas
Autor Domingos, Angélica
Orientador Fernandes, Rosa Maria Castilhos
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Serviço Social.
Assunto Atuação do assistente social
Índios
Modo de vida
Política social
Serviço social
Resumo Este trabalho de conclusão de curso é resultado de uma grande trajetória no curso de Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. As reflexões aqui trazidas fazem parte do processo de vivência, aprendizagens e conhecimentos no curso de Serviço Social, na busca por contribuições na defesa e interesse dos coletivos indígenas, e principalmente das inquietações do processo de estágio curricular obrigatório. O trabalho trata das políticas sociais e sua relação com os coletivos indígenas, procurando trazer reflexões acerca dos modos de vida indígenas, mais especificamente sobre o bem viver kaingang, baseado no modo de vida do jukre/pensamento kaingang. Apresenta algumas reflexões críticas sobre os coletivos indígenas no Brasil, desde a colonização, utilizando alguns documentos oficiais, estudos antropológicos, posicionamento de lideranças, trazendo suas lutas e resistências. Retrata o Bem Viver kaingang, problematizando e refletindo, assim, as políticas sociais e direitos indígenas, como o direito à demarcação de terras e reconhecimento dos territórios indígenas; a saúde, através da análise e reflexão a partir da Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas; a educação escolar indígena, o acesso ao ensino superior e à assistência social, partindo de reflexões oriundas do estágio curricular obrigatório. Por fim, trata especificamente sobre o Serviço Social, os desafios, especificidades e o trabalho com os coletivos indígenas, trazendo experiências e reflexões da formação acadêmica, os necessários conhecimentos e categorias que embasam a profissão, refletindo a atuação profissional com os coletivos indígenas, a defesa, ampliação e garantia de seus direitos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148630
Arquivos Descrição Formato
001002875.pdf (948.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.