Repositório Digital

A- A A+

Manutenção predial : identificação de oportunidades para o aperfeiçoamento da gestão dos serviços de manutenção em instalações elétricas de baixa tensão na Universidade Federal do Rio Grande do Sul

.

Manutenção predial : identificação de oportunidades para o aperfeiçoamento da gestão dos serviços de manutenção em instalações elétricas de baixa tensão na Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Manutenção predial : identificação de oportunidades para o aperfeiçoamento da gestão dos serviços de manutenção em instalações elétricas de baixa tensão na Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Autor Vargas, Wladimir Lewandowski
Orientador Bonin, Luis Carlos
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo A manutenção de edificações vem ganhando corpo nos últimos anos tanto com o crescimento de estudos na área por parte das instituições de ensino, como com o aumento da quantidade de empresas especializadas prestadoras de serviços de manutenção. Tal importância está sendo dada devido ao entendimento de que a manutenção predial faz parte do processo produtivo, na medida em que as edificações abrigam praticamente todas as atividades produtivas, e também porque representam um dos principais bens das empresas, não sendo palpável relegar a segundo plano sua manutenção devido aos aportes financeiros que exigem. Visando a diminuição de custos e aumento de produtividade, as organizações passaram a contratar empresas especializadas em manutenção predial, terceirizando os serviços. Os resultados oriundos desta prática dependem de como a organização vê essa atividade em seu contexto operacional. Considerar a terceirização como uma forma de contratar atividades de menor importância que possam trazer alguma economia operacional, sendo uma forma de contratar mão de obra mais barata sem vínculos empregatícios, pode trazer grandes impactos negativos. No entanto, se considerar a terceirização uma relação de parceria através de busca de resultados empresariais trazendo vantagem competitiva, pode acarretar grandes ganhos a organização. O objetivo deste trabalho é analisar o sistema de manutenção em instalações elétricas de baixa tensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o qual tem como braço operativo uma empresa terceirizada, e propor melhorias ao mesmo. Escolheu-se a área de instalações elétricas por se tratar de um setor prioritário e que apresenta alta demanda de solicitações de manutenção. O trabalho está estruturado descrevendo, primeiro, o sistema de infraestrutura da Universidade. Após, o processo de solicitação de manutenção corretiva e o modo operativo de como essa solicitação é processada dentro do sistema. Para se ter uma visão global da manutenção, tem-se descrito a posteriori o modelo de contratação da empresa terceirizada, bem como a estrutura organizacional da mesma dentro do sistema de manutenção elétrica da Universidade. Mais adiante é feita uma análise dos principais procedimentos de trabalho adotados pelas equipes de manutenção, além das dificuldades operacionais impostas a essas. Por fim, têm-se sugestões de melhorias que o sistema deve adotar com o intuito de aprimorar a qualidade da manutenção em instalações elétricas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que apresenta pequenas falhas, principalmente no tocante a planejamento, as quais, porém, podem ser reduzidas se forem adotadas as modificações propostas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148668
Arquivos Descrição Formato
001002513.pdf (2.016Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.