Repositório Digital

A- A A+

A regulação econômica aplicada aos serviços de praticagem no Brasil : análise de sensibilidade à paridade do poder de compra

.

A regulação econômica aplicada aos serviços de praticagem no Brasil : análise de sensibilidade à paridade do poder de compra

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A regulação econômica aplicada aos serviços de praticagem no Brasil : análise de sensibilidade à paridade do poder de compra
Autor Schneider, Emanuelle
Orientador Senna, Luiz Afonso dos Santos
Co-orientador Vieira, Guilherme Bergmann Borges
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Apesar de sua relevância para a economia nacional, o transporte marítimo brasileiro tem apresentado reduzida competitividade em relação ao dos demais países. Visando uma melhoria no sistema, o governo federal instituiu a Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem (CNAP), com o objetivo de elaborar propostas sobre regulação de preços e medidas de aperfeiçoamento relativas ao serviço de praticagem. Este trabalho tem por objetivo analisar a sensibilidade da proposta de regulação de preços na Zona de Praticagem 19 em relação à variação do índice de Paridade do Poder de Compra do Dólar para o Real (PPC). A partir da revisão bibliográfica, foi descrito a regulação econômica e alguns de seus métodos, o funcionamento do setor de praticagem, o processo logístico-portuário e os principais modelos de praticagem no mundo. Ainda com base na pesquisa bibliográfica, utilizando-se de critérios técnicos e procedimentos metodológicos, foi apresentada a proposta do modelo de regulação econômica do serviço de praticagem, elaborada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a ser implantado no Brasil. Em seguida, analisou-se a Zona de Praticagem individualmente, levando em consideração todos os índices essenciais para a composição das novas tabelas de preços máximos, tais como Estrutura Inicial de Referência (EIR), número de práticos, tempo para realização da manobra e índice de Paridade do Poder de Compra. Além disso, foi apresentada a tabela de preços praticada atualmente, bem como as novas tabelas propostas pela regulação de acordo com a variação do PPC. Por fim, foram feitas comparações entre as tabelas de preços e ressalvas sobre sensibilidade do modelo à variância da taxa de câmbio, chegando-se então às considerações finais.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148674
Arquivos Descrição Formato
001002194.pdf (402.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.