Repositório Digital

A- A A+

Fatores que afetam a resistência à compressão simples de misturas de fresado asfáltico, solo laterítico e cimento portland

.

Fatores que afetam a resistência à compressão simples de misturas de fresado asfáltico, solo laterítico e cimento portland

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores que afetam a resistência à compressão simples de misturas de fresado asfáltico, solo laterítico e cimento portland
Outro título Fatores que afetam a resistência à compressão simples (RCS) de misturas de fresado asfáltico, solo laterítico e cimento portland
Autor Ramos, Matheus Lutz
Orientador Nunez, Washington Peres
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
[en] FDR with cement
[en] Lateritic soil
[en] Mix design
[en] Pavement recycling
[en] UCS
[en] Unconfined compressive strength
Resumo A degradação das rodovias atinge grande parte da malha rodoviária brasileira. Em 2015, de acordo com a CNT, 48,6% das rodovias foram classificadas como em estado ruim, regular ou péssimo. Uma solução que envolveria o reaproveitamento desta malha já danificada seria a reciclagem de pavimento. Entretanto, ainda faltam documentos normativos e pesquisas completas no Brasil, que envolvam todos os tipos de base materiais presentes nos pavimentos brasileiros. Por esta razão o Laboratório de Pavimentação da UFRGS, está liderando o desenvolvimento de uma extensa pesquisa sobre a reciclagem de pavimento, do qual este trabalho faz parte. Neste estudo serão visto os fatores que afetam a resistência à compressão simples de mistura de fresado asfáltico, solo laterítico e cimento Portland. O ensaio de RCS (resistência à compressão simples) é um dos mais importantes ensaios sobre a resistência mecânica de um pavimento. Como diversas rodovias brasileiras possuem solo laterítico como base, a análise do comportamento deste tipo de material na reciclagem se torna indispensável para a difusão deste tipo de processo pelo Brasil. Para tanto, foram utilizados as dosagens propostas nos trabalhos de Fedrigo (2015) e Kleinert (2016), que também pertencem a mesma pesquisa global, porém aplicadas ao solo laterítico, o diferencial desta pesquisa. Os experimentos começaram com a análise granulométrica dos materiais e a escolha das dosagens adequadas para que as misturas atendessem os limites pré-estabelecidos de granulometria. Depois, foram realizados ensaios de compactação, que definiram o ponto de umidade ótimo para os ensaios de RCS. Os ensaios de RCS comprovaram a importância de uma boa dosagem de fresado asfáltico e do teor de cimento nesse tipo de mistura, além de reforçar a necessidade de uma cura sem imersão a água, para maior desempenho do material frente à compressão simples. Como resultado pode-se destacar que as misturas que apresentaram os melhores resultados nos ensaios foram as com 50% de fresado e que o aumento do teor de cimento apresenta ganhos a RCS.
Abstract The degradation of roads reaches a great part of the road network. In 2015, according to CNT, 48.6% of the roads were classified as in bad, regular or terrible condition. A solution that could involve the reuse of this damaged road network would be the pavement recycling. However, there is still a lack of normative documents and complete researches in Brazil, involving all kinds of materials present in the Brazilian base floors. For this reason, the Pavement Laboratory of the Federal University of Rio Grande do Sul is leading the development of an extensive research on pavement recycling, which this work is part of. In this study, the factors that affect the unconfined compressive strength from a mixture of milled asphalt, lateritic soil and Portland cement will be studied. The UCS (unconfined compressive strength) test is one of the most important tests concerning the mechanical resistance of a pavement. As many Brazilian roads have lateritic soil as a base the analysis of the behavior of this kind of material in pavement recycling is indispensable for the dissemination of this type of process around Brazil. Therefore, the mix design methods proposed by Fedrigo (2015) and Kleinert (2016), which also belong to the same global research, were used in this study but applied to the lateritic soil, which is the spread of this research. The experiments began with the particle size analysis of materials and the selection of appropriate mix design so that the mixtures could meet the predefined limits of particle size. Then, compression tests were carried out which defined the moisture point great for UCS tests. The UCS tests proved the importance of a proper mix design for milled asphalt and cement content for this type of mixture. In addition to reinforce the necessity of a curing process without water immersion for a higher performance of the recycled material in relation to the compressive strength. As results of this study, it is possible to highlight that mixtures with 50% of milled asphalt has shown better results in the UCS tests and that the increasing of the cement content presents gains in the UCS.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148730
Arquivos Descrição Formato
001002408.pdf (1.846Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.