Repositório Digital

A- A A+

Lajes lisas nervuradas em concreto armado : comparação entre diferentes metodologias de cálculo

.

Lajes lisas nervuradas em concreto armado : comparação entre diferentes metodologias de cálculo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Lajes lisas nervuradas em concreto armado : comparação entre diferentes metodologias de cálculo
Autor Pereira, Rodrigo Escolante
Orientador Rios, Roberto Domingo
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo O objetivo deste trabalho é a comparação entre as solicitações de flexão, normais e de corte obtidas pelo dimensionamento de uma laje lisa nervurada, mediante a aplicação do Método dos Pórticos Equivalentes, segundo a NBR 6118 e o ACI 318, e do Método dos Elementos Finitos. A primeira metodologia refere-se a um procedimento analítico simplificado, o qual é permitido em ambas as normas citadas, quando a laje estudada possui regularidade em suas dimensões e na disposição dos pilares. O segundo processo diz respeito a um método de análise numérica, amplamente difundido nos softwares de Engenharia atuais, entre eles, o CYPECAD adotado para este trabalho. Foram verificados também os esforços de corte e a ruptura à punção com os valores fornecidos pela análise anterior. Os resultados demonstraram que, no sentido geral, o Método dos Elementos Finitos produziu valores de solicitações inferiores aos encontrados pelo Método dos Pórticos Equivalentes, não havendo, entretanto grandes divergências entre ambos. Este fato evidencia a eficácia das metodologias testadas quanto à segurança e à estabilidade das estruturas. Com relação ao consumo de aço, a versão da Norma Americana para o método analítico estudado conduziu a um leve aumento no consumo de aço nos pilares de canto e de extremidade quando comparado com a versão da Norma Brasileira, cujos valores guardam bastante semelhança com os encontrados pelo Método dos Elementos Finitos. Dessa forma, torna-se necessário novos estudos quanto a viabilidade econômica do Método dos Pórticos Equivalentes pelo ACI 318 em situações onde a laje é nervurada e apoia-se diretamente sobre os pilares.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148739
Arquivos Descrição Formato
001002464.pdf (2.878Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.