Repositório Digital

A- A A+

Estratégias sociais de resistência aos processos desterritorializantes : redes de solidariedade - o caso da rede industrial de confecção solidária (RICS)

.

Estratégias sociais de resistência aos processos desterritorializantes : redes de solidariedade - o caso da rede industrial de confecção solidária (RICS)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias sociais de resistência aos processos desterritorializantes : redes de solidariedade - o caso da rede industrial de confecção solidária (RICS)
Autor Borges, Carolina Tavares Oliveira
Orientador Medeiros, Rosa Maria Vieira
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Economia solidária
Exclusão social
Geografia econômica
[en] Social exclusion
[en] Solidarity nets
[en] Solidary economy
[en] Territory
Resumo Esta dissertação objetivou levantar alguns pontos para a discussão e reflexão do que entendemos como algumas estratégias sociais de resistência aos processos desterritorializantes entendidos, também como socioeconomicamente excludentes. Com aporte teórico, subsidiamos nossa pesquisa, desenvolvendo uma metodologia que envolveu, outrossim, levantamento bibliográfico, entrevistas e observações. Analisamos, especificamente, o caso da Rede Industrial de Confecção Solidária (RICS) e sua contribuição para a geração de trabalho, renda, que, neste caso, vai além de mera sobrevivência, pois se configura na participação efetiva dos envolvidos em todas as etapas do projeto, contribuindo para o desenvolvimento da qualidade de vida e fortalecendo valores como a dignidade dos indivíduos, que visam o benefício coletivo do grupo. Buscamos apreender de que forma o Estado, em suas esferas federal, estadual e municipal, favorece a criação e fomenta a reprodução das redes de solidariedade, para, posteriormente, abordar como o município de Porto Alegre comporta-se diante deste cenário. Assim, apesar de incipiente, tanto na prática e principalmente na teoria, a Economia Solidária vai trilhando o seu caminho, com o trabalho e da criatividade de quem a faz na esperança de sobreviver numa sociedade cada vez mais competitiva e excludente.
Abstract This dissertation objectified to raise some points for the quarrel and reflection of what we understand as some social strategies of resistance to the understood desterritorializantes processes, as also social and economically exculpatory. With it arrives in port theoretical, we subsidize our research, developing a methodology that involved, also, empirical survey of data. We analyze, specifically, the case of the Industrial Net of Solidary Confection (RICS) and its contribution for the work generation, income, that, in this in case that, goes beyond mere survival, therefore is configured in the participation accomplishes of involved in all the stages of the project, contributing for the development of the quality of life and fortifying values as the dignity of the individuals, that aim at the collective benefit of the group. We search to apprehend of that it forms the State, in its spheres federal, state and municipal, it favors the creation and it foments the reproduction of the solidarity nets, for, later, approaching as the city of Porto Alegre behaves ahead of this scene. Thus, although incipient, as much in the practical one and mainly in the theory, the Solidary Economy goes treading its way, with the work and of the creativity of which it makes it in the hope to survive in a society each more competitive and exculpatory time.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14877
Arquivos Descrição Formato
000668084.pdf (4.691Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.