Repositório Digital

A- A A+

Efeito da dieta individualizada e do aconselhamento dietetico na dislipidemia em pacientes pos-transplante hepatico

.

Efeito da dieta individualizada e do aconselhamento dietetico na dislipidemia em pacientes pos-transplante hepatico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da dieta individualizada e do aconselhamento dietetico na dislipidemia em pacientes pos-transplante hepatico
Autor Pinto, Andressa dos Santos
Orientador Kruel, Cleber Dario Pinto
Co-orientador Guerra, Léa Teresinha
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Dieta
Dislipidemias
Estado nutricional
Transplante de fígado
[en] Dietary counseling
[en] Dyslipidemia
[en] Liver transplantation
[en] Metabolic syndrome
Resumo INTRODUÇÃO: O transplante hepático (TH) é considerado padrão no tratamento de doenças hepáticas agudas e crônicas de caráter terminal. A dislipidemia ocorre em torno de 70% dos pacientes pós-TH. Não há estudos anteriores que demonstraram qualquer intervenção dietética que poderia controlar a dislipidemia em receptores de TH. OBJETIVO: verificar os efeitos da dieta individualizada e do aconselhamento dietético na modificação da dislipidemia em pacientes pós-TH. MÉTODOS: Estudo de intervenção não controlado, com pacientes pós-TH, em atendimento no ambulatório de Transplante Hepático do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no período de março de 2014 à maio de 2015, com presença de dislipidemia e sem uso de medicação hipolipemiante. Os indivíduos foram acompanhados no Centro de Pesquisa Clínica da UFRGS pelo período de 6 meses. Mensuraram-se colesterol total (CT), HDL - colesterol (HDL), LDL- colesterol (LDL) e triglicerídeos (TG) pré e pós-intervenção. Realizaram-se avaliação antropométrica, anamnese alimentar com recordatório de 24 h, análise da composição corporal com bioimpedância e avaliação do gasto energético basal (GEB) por calorimetria indireta. A dieta foi individualizada baseando-se no GEB e constou de 25% do valor energético total em gorduras totais e <200 mg/dia de colesterol. RESULTADOS: 53 pacientes, com idade média de 59 anos. Média de kcal da dieta em 1853,57 kcal (± 218,22 kcal). Houve redução estatisticamente significativa nos níveis de CT (pré-intervenção = 238,9 mg/dL; pós-intervenção = 165,1 mg/dL) (p <0, 001), LDL (pré-intervenção = 154 mg/dL; pós-intervenção = 90 mg/dL) (p <0, 001) e TG (pré-intervenção = 168 mg/dL; pós-intervenção = 137 mg/dL (p <0, 001) em toda a população. No início do estudo, nenhum dos pacientes teve CT desejável, e apenas 12 pacientes (22,7%) tiveram ótimo/desejável nos níveis de LDL. Na sequência da intervenção dietética, 45 pacientes (84,9%) alcançaram CT desejável e 50 (94,4%) tiveram ótimo/desejável de LDL. HDL e medidas antropométricas não apresentaram redução significativa. CONCLUSÃO: Aconselhamento dietético com prescrição de uma dieta individualizada baseada no GEB medido por CI resultou em melhoras significativas no CT, LDL e TG em transplantados hepáticos com dislipidemia. Sugerimos que todos os pacientes transplantados hepáticos com dislipidemia sejam incluídos em um programa de intervenção dietética sob orientação de nutricionista.
Abstract BACKGROUND: Dyslipidemia occurs in approximately 70% of all liver transplant (LT) recipients. No prior studies have demonstrated any dietary intervention that could control dyslipidemia in LT recipients. This study analyzed the effects of a dietary intervention on the lipid profile of dyslipidemic LT recipients. METHODS: All LT recipients with dyslipidemia on clinical follow-up at our institution were enrolled. Anthropometric evaluation, food history, body composition (bioimpedance) and assessment of resting energy expenditure (REE) through indirect calorimetry (IC) were performed. Patients met with a dietitian and an individualized diet based on ICestimated REE and consisting of 25% of the total energy value in total fat and <200 mg/day of cholesterol was prescribed. Total cholesterol (TC), HDL-cholesterol (HDL), LDL-cholesterol (LDL), triglycerides (TG) and anthropometric measures were measured at baseline and 6 months after intervention. RESULTS: Fifty-thee out of 56 patients concluded follow-up; age 59±10 years; 29 men (51.8%). TC (preintervention= 238.9±30; post-intervention=165.1±35) (p<0.001), LDL (preintervention= 154±33; post-intervention=90±29) (p<0.001) and TG (preintervention= 168, IQR=51-200; post-intervention=137, IQR=94-177) (p<0.001) were all modified at 6 months following intervention. At baseline, none of the patients had normal TC, and only 12 patients (22.7%) had optimal/near optimal LDL. Following dietary intervention, 45 patients (84.9%) reached normal TC and 50 (94.4%) had optimal/near optimal LDL. HDL and anthropometric measures were not modified. CONCLUSION: Dietary counseling with prescription of an individualized diet based on IC-calculated REE diet was able to manage dyslipidemia in most LT recipients evaluated in this study. We suggest that all dyslipidemic LT recipients should be enrolled on a dietary program.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148852
Arquivos Descrição Formato
001003017.pdf (445.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.