Repositório Digital

A- A A+

Percepção e convenção : o desenvolvimento do conceito de representação pictórica em Gombrich, Goodman e Wollheim

.

Percepção e convenção : o desenvolvimento do conceito de representação pictórica em Gombrich, Goodman e Wollheim

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção e convenção : o desenvolvimento do conceito de representação pictórica em Gombrich, Goodman e Wollheim
Autor Souza, Thiago Sebben de
Orientador Faria, Paulo Francisco Estrella
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
Assunto Filosofia da arte
Gombrich, E.H
Goodman, Nelson, 1906-1998
Imagem
Percepção (Filosofia)
Representação pictórica
Wollheim, Richard, 1923-2003
[en] Depiction
[en] Image
[en] Representation
[en] TheoryofSymbols
[en] Twofoldness
Resumo O presente trabalho trata do tema da representação pictórica no contexto da representação artística e se concentra sobre as teses desenvolvidas sobre o tema nas teorias de Ernst Gombrich, Nelson Goodman, e Richard Wollheim. Procura evidenciar que, no panorama conceitual desses autores, é possível encontrar subsídios para o desenvolvimento de uma teoria da representação pictórica que suponha a dualidade entre a consciência da forma material e a consciência do conteúdo da representação de modo compatível com o tratamento do conceito em termos estruturais. O desenvolvimento do tema em Gombrich explica porque Wollheim desenvolve uma teoria da dualidade, e a hipótese interpretativa exposta no capítulo sobre o tema em Goodman visa a mostrar que uma abordagem estrutural da representação como sistema simbólico não implica em um convencionalismo estrito, na medida em que a percepção de semelhanças em um quadro relativo a aspectos estabelecidos comparativamente entre os objetos da representação e a própria representação é importante para o entendimento das imagens, de sua interpretação em um quadro aberto a convencionalizações que não sejam estabelecidas arbitrariamente, mas que atendam a uma linha de desenvolvimento compatível com o princípio de definição estabelecido pela prática artística.
Abstract This study deals with the issue of depiction in the context of artistic representation and focuses in the basic concepts developed on the subject by Ernst Gombrich, Nelson Goodman e Richard Wollheim. It focuses on the search for evidence in the conceptual framework of these authors for the support for the development of a theory of depiction that assumes twofoldness in a way that is compatible with the treatment of the concept in structural terms. Some specific drawbacks in relation to aspects of Gombrich's theory sets the ground for the explanation why Wollheim develops a twofoldness theory of depiction, and the interpretative hypothesis offered on this topic in relation to Goodman's theory aims to show that a structural approach of depiction as a symbolic system does not entail a strict or full blown conventionalism, insofar as the perception of similarities in relation to aspects in the comparison between the objects of representation and representations themselves are important for establishing the understanding of images, in an open framework of conventionalization that are no to be set arbitrarily, but that are compatible with the development with a principle of definition established by the artistic practice.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/148949
Arquivos Descrição Formato
001003941.pdf (1.100Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.