Repositório Digital

A- A A+

Análise da prática docente na formação de professores de química

.

Análise da prática docente na formação de professores de química

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da prática docente na formação de professores de química
Autor Silva, Denise da
Orientador Del Pino, Jose Claudio
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Docência
Ensino de ciências
Ensino e aprendizagem
Formação de professores
Química
[en] Bachelor’s in chemistry
[en] Didactic-methodological referential
[en] Teachers formation
Resumo Este trabalho nasce dos anseios da pesquisadora em conhecer quem são e como estão desenvolvendo suas atividades os profissionais que são responsáveis por formar professores de Química para atuarem na Educação Básica. Assim, fez-se um estudo de caso, em que foram sujeitos da pesquisa os docentes do curso de Licenciatura em Química do Instituto Federal Farroupilha- Campus Alegrete. Com o objetivo de saber os referenciais que subsidiam as práticas desses docentes, inicialmente buscou-se conhecer, a partir de um resgate histórico como, no Brasil, aconteceu o processo de profissionalização docente. Para compreender as especificidades das Licenciaturas dos Institutos Federais (IFs), traçou-se um diálogo entre as normativas para cursos de licenciatura dos IFs, as políticas públicas, a partir das Diretrizes Curriculares, autores que discutem a formação de licenciados em Química e o Projeto Pedagógico do Curso (PPC). Para as discussões sobre quais referenciais subsidiam as atividades dos professores apresentaram-se algumas possibilidades, como as sistematizadas por Garcia Perez (1997) e as considerações de Tardif (2008). Metodologicamente o estudo se utiliza de uma abordagem mista, quali-quantitativa, com a realização de entrevistas e aplicação de questionários. Para análise dos dados obtidos nas entrevistas utilizou-se os pressupostos da Análise de Conteúdo (BARDIN, 2011) e para o questionário a escala Likert (1932). Com relação aos resultados observou-se que os docentes apresentam um discurso próximo de suas práticas, porém com distanciamentos quanto às normativas e proposições para o Curso de Licenciatura ao qual atuam. Tal constatação não é vista como um ponto negativo, uma vez que se observa que os professores demonstram as fragilidades, as quais foram apontadas na constituição de cursos de formação de professores, como algumas características do positivismo. No entanto visualizamos possibilidades de mudanças, numa perspectiva de uma teoria que dialogue com os discursos e a prática dos docentes.
Abstract This work comes from the longing of this researcher in knowing who are the professionals in charge of educating the Chemistry teachers to act in the Basic Education and how are they developing their activities. This way, a study case was done, in which the subjects of research were teachers from the Bachelor’s Course in Chemistry from the Farroupilha Federal Institute – Campus Alegrete. With the aim of knowing the referential that base the practices of those teachers, we initially tried to know, from the historical research of how, in Brazil, happened the process of teachers professionalization. To understand the specificity of Bachelor Courses from the Federal Institutes (FIs), we started a dialogue among the regulation for Bachelor Courses from FIs, the public policies, from the Curricular Guideline, authors who discuss about the formation of licentiates in Chemistry and the Course Pedagogical Project (CPP). For the discussions about which referential bases the teachers activities, there were some possibilities such as the ones systematized by Garcia Pérez (1997) and the considerations from Tardif (2008). Methodologically, the study uses a mixed quali-quanti approach, with the realization of interviews and questionnaire application. For the analysis of the data obtained in the interviews, we used the tenet of the Content Analysis (BARDIN, 2011) and for the questionnaire, the Likert Scale (1932). In relation to the results, we observed that the teachers have a speech pretty closer to their practices, however, with some distance in relation to the regulation and propositions for the Bachelors’ Course to which they work for. Such verification is not seen as a negative thing, once it is observed that teachers show their weaknesses, which are pointed in the constitution of courses for teachers formation, as some characteristics of positivism. Nevertheless, we have seen some possibilities of changes, in a perspective of a theory that dialogues with the teachers discourses and the practices.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/148956
Arquivos Descrição Formato
001003158.pdf (1.835Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.