Repositório Digital

A- A A+

Detecção de adenovirus, enterovirus e coliformes termotolerantes em amostras de água das praias de Ipanema e do Lami - Porto Alegre - RS

.

Detecção de adenovirus, enterovirus e coliformes termotolerantes em amostras de água das praias de Ipanema e do Lami - Porto Alegre - RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Detecção de adenovirus, enterovirus e coliformes termotolerantes em amostras de água das praias de Ipanema e do Lami - Porto Alegre - RS
Outro título Detection of adenovirus, enterovirus and thermotolerant coliforms in water samples of Ipanema and Lami beaches – Porto alegre – RS
Autor Maurer, Cristiane Piccinini
Orientador Simonetti, Amauri Braga
Co-orientador Spilki, Fernando Rosado
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Adenovírus
Água doce
Coliformes
Enterovirus
Virologia
Resumo Doenças infecciosas veiculadas pela água são causa comum de enfermidades em seres humanos no mundo inteiro. Dentre os patógenos causadores destas doenças, os vírus merecem destaque, pois possuem a capacidade de sobreviver em ambientes aquáticos e de permanecer infectantes por meses. A avaliação da balneabilidade das águas brasileiras é monitorada através da densidade de coliformes termotolerantes (CT), classificando as águas de recreação em próprias ou impróprias. Este trabalho tem como objetivo detectar e quantificar genomas de Adenovirus (AdV) e Enterovirus (EV) em amostras de água das praias de Ipanema e do Lami em Porto Alegre – RS e avaliar as condições de balneabilidade através da quantificação de CT. A metodologia utilizada foi reação em cadeia da polimerase em tempo real (qPCR) para os vírus e o método de tubos múltiplos para quantificação de CT. Entre os meses de novembro de 2011 e abril de 2012, foram coletadas 36 amostras de água: 18 amostras de Ipanema e 18 da praia do Lami. Em 30 (83,3%) das 36 amostras coletadas foi detectada a presença de genomas virais. Genoma de AdV foi detectado em 28 (77,8%) amostras, enquanto de EV foi detectado apenas em 8 amostras (22,2%). Em contraste com as baixas concentrações de CT, a pesquisa de AdV e EV demonstrou alta positividade (83,3%), o que demonstra a baixa correlação entre os micro-organismos utilizados como marcadores fecais e a presença de genomas virais em amostras de água.
Abstract Waterborne diseases are a common cause of illness in humans worldwide. Among the pathogens causing these diseases, the viruses are noteworthy because they have the ability to survive in aquatic environments and remain infective for months. In Brazil the evaluation of recreational waters is made by monitoring the density of fecal coliform (FC), classifying recreational waters in appropriate or inappropriate. This work aims to detect and quantify genomes of Adenovirus (AdV) and Enterovirus (EV) in water samples from Ipanema and Lami beaches in Porto Alegre - RS and assess the conditions of bathing by quantifying FC. The methodology used was real time polymerase chain reaction (qPCR) for virus and multiple tube technique for FC. Between the months of November 2011 and April 2012 were collected 36 water samples: 18 samples in Ipanema and 18 in Lami. In 30 (83.3%) of the 36 samples the presence of viral genomes was detected. AdV genome was detected in 28 (77.8%) samples, while the EV was only detected in 8 samples (22.2%). In contrast to the low concentrations of FC, research of EV and AdV showed a high positivity (83.3%), which demonstrates the low correlation between micro-organisms used as fecal markers and the presence of viral genomes in water samples.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148974
Arquivos Descrição Formato
001003815.pdf (1.774Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.