Repositório Digital

A- A A+

A organização da fala-em-interação na sala de aula : controle social, reprodução de conhecimento, construção conjunta de conhecimento

.

A organização da fala-em-interação na sala de aula : controle social, reprodução de conhecimento, construção conjunta de conhecimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A organização da fala-em-interação na sala de aula : controle social, reprodução de conhecimento, construção conjunta de conhecimento
Outro título The organization of classroom talk-in-interaction : social control, reproduction, co-construction
Autor Garcez, Pedro de Moraes
Resumo Neste artigo de revisão, apresenta-se a fala-em-interação institucional de sala de aula pelo contraste das principais características da sua organização com a organização da conversa cotidiana, pedra fundamental da socialidade. Discute-se detidamente a organização da seqüência triádica Iniciação-Resposta-Avaliação (IRA). Destacando as conseqüências estruturais desse padrão interacional à luz de dados de fala-em-interação de sala de aula, examina-se também a possibilidade estrutural sempre latente para a correção do participante que produz a resposta no segundo turno da seqüência. Analisa-se um episódio de transgressão ética que se faz possível pelas ações levadas a cabo no decorrer de uma seqüência IRA pelo participante que atua na capacidade de professor. Discute-se então a possibilidade de fala-em-interação de sala de aula não-transgressiva e organizada de modo alternativo ao tradicional encadeamento de seqüências IRA. Por fi m, examina-se um longo excerto de fala-em-interação de sala de aula em uma escola pública municipal em que se pode entrever essas possibilidades.
Abstract This review article presents and discusses the main organizational features of classroom talk-in-interaction that make it a distinctive speech-exchange system in contrast with ordinary conversation, the bedrock of sociality. The Initiation-Response- Evaluation (IRE) sequence of turns described in the literature as the hallmark of classroom talk-in-interaction is discussed in terms of the interactional consequences it may engender. The opportunity for correction on the talk produced by the participant uttering the second turn in the sequence is highlighted. An occurrence of what could be termed in Freirean terms an ethical transgression on the part of the participant acting as the teacher during an extended IRE sequence is analyzed. The possibility of non-transgressive classroom talk-in-interaction organized by alternative methods to the chaining of IRE sequences is entertained, and a long excerpt of classroom talk-in-interaction from a public school is examined for its realization of such a possibility.
Contido em Calidoscópio. São Leopoldo, RS. Vol. 4, n. 1 (jan./abr. 2006), p. 66-80
Assunto Fala
Interação
Sala de aula
[en] Classroom
[en] Interaction
[en] Talk
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/149034
Arquivos Descrição Formato
000536913.pdf (307.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.