Repositório Digital

A- A A+

Efeito dos programas de ginástica e de hidroginástica nas algias vertebrais

.

Efeito dos programas de ginástica e de hidroginástica nas algias vertebrais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito dos programas de ginástica e de hidroginástica nas algias vertebrais
Autor Krieger, Carla Mariza de Lima
Orientador Souza, Jorge Luiz de
Data 1999
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Dor nas costas
Exercícios terapêuticos
Ginastica corretiva
Hidroginastica
Reabilitação : Medicina
Resumo Hoje em dia há preocupação dos estudiosos da área das Ciências da Saúde em combater problemas degenerativos da coluna vertebral, os quais são responsáveis pela maioria das algias vertebrais. Elas são provenientes de movimentos executados incorretamente, de impactos sofridos sobre as articulações e de desequilíbrios musculares; podem ser melhoradas e até prevenidas pela prática de exercícios físicos, citando-se, entre outros, a ginástica e a hidroginástica. O objetivo deste estudo foi verificar o efeito dos programas de ginástica e de hidroginástica nas algias vertebrais em sete regiões corporais (cervical, dorsal, lombar e dor irradiada nos ombros, braços, glúteos e pernas) associadas a dores musculares, de funcionários de um hospital. A amostra foi constituída por 40 sujeitos portadores de algias vertebrais crônicas, sendo de 41,7 anos a média das idades. Um grupo experimental (n=8) foi submetido a um programa de ginástica e outro grupo, também experimental (n=12), a um programa de hidroginástica. Esses programas incluíam exercícios aeróbicos, de resistência muscular, de alongamento e de relaxamento, desenvolvidos por um período de doze semanas de tratamento, com duas sessões semanais, de 45 minutos cada. O grupo controle (n=20) não recebeu tratamento. O efeito dos programas foi analisado, usando-se um questionário para avaliar a intensidade e a freqüência das algias vertebrais, dois para avaliar apenas a intensidade e o último questionário foi utilizado para avaliar o grau de desconforto da dor sobre as Atividades de Vida Diária. Os resultados obtidos mostraram que houve uma diferença estatisticamente significativa na intensidade e na freqüência das algias vertebrais, respectivamente nas regiões cervical (p= 0,04), ombros (p=0,01) e ombros e braços (p=0,03), bem como nas regiões de ombros (p=0,03), ombros e braços (p=0,00) e dorsal (0,04) entre o grupo da hidroginástica (p=0,00). Conclui-se que não houve diferença estatisticamente significativa na intensidade, na freqüência e no grau de interferência das algias vertebrais sobre as Atividades de Vida Diária entre adultos praticantes do programa de ginástica e do de hidroginástica, e sugere que os dois programas são apropriados para o combate às algias vertebrais.
Abstract Nowadays, there is concem on the behalf of health scholars so as to fight degeneratives problems of the spinal column which are responsible for the back pain. They originated form incorrectly performed movements, impacts over the joints and muscular imbalance; they can, however, be improved and even prevented through the practice of exercises which are, among others, gymnastics and hidrogymnastics. The object this study was verify the effect of gymnastics and hidrogymnastics over the back pain, associated to muscular pain, of a hospital's employees. The sample was constituted of 40 subjects suffering from chronical back pain, with an average age 41,7. A experimental group (n=8) was submitted to a gymnastics program and the other group, also experimental (n=12), to a hydrogymnastics routine. These programs included aerobic exercises, of muscularresistence, of stretching and of relaxation, developed for a period of twelve weeks of treatment, with two weekly sessions, of 45 minutes each. The control group (n=20) did not receive any treatment. The effect of the programs was analysed, through the use of a questionaire to evaluate the intensity and the frequency of the back pain, two questionaire to evaluate just the intensity of the back pain and the last one was used to evaluate the degree of disconfort ofthe pain over the Daily Life Activities. The results obtained showed that there was a statistically significant difference in the intensity and frequency of the back pain, respectivelly in the cervical area (p=0,04), shoulders (p=0,01) and shoulders and arms (p=0,03), as well as in the shoulders' area (p=0,03), shoulders and arms (p=0,00) and dorsal (p=0,04) among the hydrogymnastics and the control groups. However, in the shoulders' area, the gymnastics group, in relation of control, the gymnastics group has also shown a significant difference (p=0,02). As to the degree of the interference of the back pain over Daily Life Activities, the statistically significant difference found was between the control group and the experimental group (gymnastics (p= 0,02) and hydrogymnastics (p=0,00). One concludes that there was no statistically significant difference in the intensity, frequency and degree ofintrference ofthe back pain over the Daily Life Activities between adults who were taking part in the gymnastics program and in the hydrogymnastics one, and this suggests that both programs are appropriated for the fight against backpain.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/149047
Arquivos Descrição Formato
000390431.pdf (22.72Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.