Repositório Digital

A- A A+

Os pressupostos evolutivos dos fatores abertura à experiência e neuroticismo

.

Os pressupostos evolutivos dos fatores abertura à experiência e neuroticismo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os pressupostos evolutivos dos fatores abertura à experiência e neuroticismo
Autor Vasconcellos, Silvio José Lemos
Orientador Hutz, Claudio Simon
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento (até 2007).
Assunto Abertura à experiencia
Modelo dos cinco fatores da personalidade
Neuroticismo
Personalidade
Psicologia evolucionista
Resumo O modelo dos cinco grandes fatores descreve amplos fatores ou dimensões da personalidade descobertos a partir da pesquisa empírica. Esse modelo emergiu possivelmente como o mais amplamente aceito modelo referente à estrutura da personalidade. Abertura à Experiência e Neuroticismo são dois dos cinco principais domínios. A teoria evolucionista da personalidade postula que os principais traços abarcam sistemas universais entre os seres humanos. O objetivo central da presente pesquisa foi investigar alguns aspectos evolutivos dos fatores Abertura à experiência e Neuroticismo. No estudo 1, foi desenvolvida e validada uma escala para avaliar Abertura à Experiência. Participaram dessa etapa 809 universitários. Os demais estudos enfocaram a relação entre Neuroticismo, Abertura à Experiência e preferência por cenários naturais. Alguns métodos empregados nesses estudos permitiram avaliar os aspectos motivacionais da personalidade evocados por ambientes naturais primitivos. Houve uma correlação positiva entre a faceta ansiedade e a escolha por paisagens ricas em perspectiva (r = 0,21; p < 0,05). Em termos gerais, o estudo dessas preferências mostrou-se uma maneira útil de analisar alguns aspectos relativos ao impacto da evolução sobre a personalidade humana.
Abstract The five-factor model describes five broad factors or dimensions of personality discovered by empirical research. This model emerged as possibly the most widely accepted model of personality scturcture Openess to Experience and Neuroticism are two of five major domanins. Evolutionary theory of personality postulates that main traits evolved systems that are universal in humans. The main objective of the present research was to investigate some of the evolutionary aspects of the factors Openess to Experience and Neuroticism. In Study 1, a scale to assess Openess to Experience was developed and validated. The participants were 809 Brazilian university students. The other studies approached the relationship between preferences for natural landscapes and Neuroticism and Openess to Experience. Some methods in these studies allowed an evaluation of the motivating aspects of personality evoked by primitive natural enviroments. There was a positive significant correlation between facet anxiety and choice for landscapes rich in perspective (r = 0,21; p < 0,05). In general, the study of environmental preferences showed a useful way to analize some of the aspects of the impact of evolution in human personality.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/14918
Arquivos Descrição Formato
000672912.pdf (119.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.