Repositório Digital

A- A A+

A serpente na rede : extrema-direita, neofascismo e internet na Argentina

.

A serpente na rede : extrema-direita, neofascismo e internet na Argentina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A serpente na rede : extrema-direita, neofascismo e internet na Argentina
Autor Almeida, Fábio Chang de
Orientador Brandalise, Carla
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto América Latina
Argentina
Discriminação
Discurso nacionalista
Fascismo
Internet
Meios de comunicação
Mídia
Tecnologia da informação
[en] Neofascism
Resumo Sobretudo a partir da década de 1990, houve um aumento significativo no número de incidentes violentos envolvendo grupos de inspiração fascista, na Europa e nas Américas. Paralelamente ao processo que resultou nesse panorama, ganhou força o movimento denominado “revisionista”, ou negacionista. Através dele, procura-se reescrever a história relativizando determinados elementos do fascismo, ou mesmo negando o caráter genocida do nazismo. Tanto no âmbito político quanto social, os reflexos dessa “onda neofascista” tornaram-se visíveis. A extrema-direita conquistou resultados eleitorais expressivos na Europa, principalmente na França e na Áustria, utilizando uma plataforma xenofóbica e racista. Em vários países, inclusive na América Latina, gangues juvenis adotaram referenciais fascistas, formando a “tropa de choque” da extrema-direita. Um ponto fundamental a ser abordado neste contexto, diz respeito às novas tecnologias de comunicação e sua relação com a expansão dos movimentos de extrema-direita. O uso da internet como meio de divulgação de grupos extremistas – assim como a própria rede – é um fenômeno recente. Porém, o avanço na utilização da web por estas organizações é bastante significativo. Através da rede, os grupos extremistas têm uma poderosa ferramenta de divulgação, bem como um eficiente sistema de comunicação em âmbito mundial. É necessário compreender o impacto das novas tecnologias de comunicação na dinâmica interna dos grupos extremistas e também na sua relação com a sociedade. A Argentina é o país latino-americano com o maior número de páginas neofascistas na internet. Esta pesquisa buscou compreender o atual estágio da extrema-direita de inspiração fascista na Argentina, a partir de suas manifestações na rede mundial de computadores. Foi reconstituída a genealogia da extrema-direita naquele país, para então mapear a sua atual utilização da internet. Analisando os textos neofascistas divulgados nos sites, foi possível identificar seus principais argumentos e buscar a origem histórica do seu discurso.
Abstract Especially from the 1990s, there was a significant increase in the numbers of violent incidents involving fascist-inspired groups, in Europe and Americas. Next to the process which resulted in this overview, the “revisionist” movement (or negationism) has grown up. Through the “historical revisionism”, it has been tried to rewrite the history by relativizing certain fascist elements or even denying the genocide character of the nazism. In both political and social sphere, the reflections of this “neofascist wave” have become visible. The extreme right-wing conquered expressive electoral results in Europe, especially in France and Austria, by using a xenophobic and racist program. In many countries, including Latin America, youth gangs adopted a fascist referential, forming the frontline troops of the extreme rightwing. A fundamental point in this context concerns to the new communication technologies and its relation with the expansion of the extreme right-wing movements. The use of internet as means of propaganda by the extremist groups is – just like the web itself – a recent phenomenon. However, the advance in the use of internet by these organizations is significant. Through the net, extremist groups have a powerful propaganda tool and also a worldwide communication system. It is necessary to understand the impact of this new technology in the internal dynamics of the extremist groups, and in their relations with the society. Argentina is the Latin- American country with the largest number of neofascist websites on the internet. This research intended to understand the present stage of the fascist-inspired extreme right-wing in Argentina, from its manifestations over the internet. The origins and development of the extreme right-wing in that country was revisited, and the current use of internet was studied. Analyzing the neofascist texts published in the websites, it was possible to identify their major arguments and find their historical origins.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15011
Arquivos Descrição Formato
000674176.pdf (63.64Kb) Sumário e resumo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.