Repositório Digital

A- A A+

Reprodução artificial : os impasses do desejo

.

Reprodução artificial : os impasses do desejo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reprodução artificial : os impasses do desejo
Autor Lanius, Manuela
Orientador Sousa, Edson Luiz Andre de
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Desejo
Feminilidade
Infertilidade
Reprodução humana
Tecnologia reprodutiva
[en] Assisted human reproduction
[en] Desire
[en] Femininity
[en] Infertility
[en] New reproductive technologies
[en] Psychoanalysis
Resumo A infertilidade é para muitas mulheres geradora de sofrimento psíquico, visto que a reprodução humana condiz com a perpetuação do ser. Tendo como método de estudo a psicanálise, podemos pensar o desejo de filho como sintoma do laço conjugal e, ainda na cultura contemporânea, inscrição de feminilidade para algumas mulheres. Casais inférteis, atualmente, têm a chance de recorrer às Novas Tecnologias de Reprodução Assistida, ao invés de buscar a adoção ou de permanecer sem filhos. Esta pesquisa faz uma discussão acerca das chamadas Novas Tecnologias Reprodutivas e estuda os efeitos que a infertilidade tem no psiquismo e na condição subjetiva dos sujeitos de desejo. Busca dissociar a demanda consciente de ter um filho do desejo inconsciente que opera na produção subjetiva, fazendo sintoma. Também, faz questão quanto à diferenciação do desejo de ter um filho ao desejo de maternidade e suas implicações na articulação das pulsões.
Abstract To most women, infertility is a generator of psychic suffering, considering that human reproduction aims the perpetuation of the living being. Having Psychoanalysis as a study method, we may see the will of having a child as a conjugal symptom and, still in contemporaneity, femininity enrollment to some females. Nowadays, infertile couples have the chance to appeal to New Assisted Reproduction Technologies instead of adoption or even remaining without descendents. This research discusses the so-called new reproductive technologies and studies the impacts that infertility has in the psychism and in the subjective condition. It pursuits to dissociate the conscious demand of having a child from unawareness, which may operate in the subjective production causing symptoms. Also, it questions the difference of wishing a child, the motherhood will and their implication on the articulation of the drives.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15014
Arquivos Descrição Formato
000676374.pdf (778.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.