Repositório Digital

A- A A+

Sistemas de certificação florestal no setor de papel e celulose : influências no desempenho exportador

.

Sistemas de certificação florestal no setor de papel e celulose : influências no desempenho exportador

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistemas de certificação florestal no setor de papel e celulose : influências no desempenho exportador
Autor Fischer, Bruno Brandão
Orientador Waquil, Paulo Dabdab
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Agroindústria
Agronegócios
Certificação florestal
Comércio exterior
Indústria de papel e celulose
Manejo florestal
Silvicultura
[en] Information asymmetry
[en] Pulp & paper industry
[en] Signaling
[en] Structure-conduct-performance
[en] Sustainable forest management certifications
Resumo A crescente preocupação mundial com o manejo dos recursos florestais tem exercido grande pressão nos ambientes extrativistas e industriais ligados à base produtiva silvícola. Em vista da dificuldade de se estabelecer quais empresas e produtores adotam padrões produtivos ambientalmente sustentáveis, o uso das certificações tem ganhado notoriedade, funcionando como mecanismo de sinalização de comportamento mercadologicamente valorizado. Este cenário representa empiricamente teorizações da Economia da Informação em um ambiente agroindustrial específico, apresentando ferramentas de emissão de sinais como potenciais redutores da assimetria de informação presente na estrutura econômica de comércio. Contudo, permanecem questionamentos sobre como este uso de certificações e conseqüente melhoria da disponibilidade informacional podem impactar sobre as firmas adotantes desta estratégia. Relacionando esta situação com elementos da Economia Industrial (abordagem Estrutura-Conduta-Desempenho) e caracterizando a sinalização como um elemento de Conduta, esta pesquisa se propõe a verificar empiricamente potenciais impactos desta estratégia de atuação no Desempenho resultante. Como objeto específico de estudo, elegeu-se, dentro da indústria silvícola brasileira, o setor de papel e celulose, dada a sua relevância econômica para o agronegócio brasileiro. O método de análise de desenvolve através de modelos econométricos que buscam estabelecer e mensurar relações de influência entre a evolução de adoção de certificações de manejo florestal sustentável no desempenho exportador agregado do setor para o período 1995- 2008 (dados mensais), visto que a prática de comércio internacional potencializa a disponibilidade assimétrica de informações. Os resultados encontrados são parcialmente conclusivos em direção à sustentação da hipótese de que o uso de certificações tem influências positivas sobre o desempenho de comércio exterior da indústria brasileira de papel e celulose.
Abstract World’s increasing concern regarding forest resources management has pressured the producers and industries connected to forestry activities. In face of the difficulty to differentiate agents’ productive patterns of behavior towards forests, the use of sustainable forest management certifications is becoming increasingly relevant, working as a supposedly market valued signaling device. This scenario represents empirically in a specific agroindustrial environment the theories developed in Information Economics, presenting signal emission tools as potential reducers of commercial information asymmetry. However, questions regarding how the use of these certifications and the consequent improvement of information availability impact on firms which adopt this strategy remain. Relating this situation with the elements of Industrial Economics (more specifically the Structure-Conduct-Performance approach) and defining the signaling behavior as a Conduct pattern, this research proposes an analysis of the possible impacts of this strategy in the resulting Performance. As object of study, the Brazilian Pulp & Paper (P&P) industry is chosen, given its economic importance for the country’s forest and agribusiness sectors. The methodology to develop this verification is based on econometric regression models, aiming to establish and measures influences between the sustainable forest management certifications implementation evolution in the aggregated exporting performance of the Brazilian P&P industry for the period 1995-2008 (monthly data), since the international trade is expected to rise the levels of information asymmetry and hence the value of signals. Results allow partial acceptance of the hypothesis that the use of certifications has positive influences on Brazilian P&P industry’s international trade performance.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15021
Arquivos Descrição Formato
000675796.pdf (863.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.