Repositório Digital

A- A A+

Modelo suino de aneurisma de aorta abdominal com bolsa de pericárdio bovino

.

Modelo suino de aneurisma de aorta abdominal com bolsa de pericárdio bovino

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelo suino de aneurisma de aorta abdominal com bolsa de pericárdio bovino
Outro título The aortic pericardium sac: new model of abdominal aortic aneurysm in pigs
Autor Perini, Sílvio César
Orientador Pereira, Adamastor Humberto
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Cirurgia.
Assunto Aneurisma da aorta abdominal
Aneurisma intracraniano
Bovinos
Cirurgia
Modelos animais de doenças
Pericárdio
Suínos
[en] Abdominal
[en] Aneurysm
[en] Bovine
[en] Experimental
[en] Glutaraldehyde
[en] Model
[en] Pericardium
[en] Retroperitoneal
[en] Saccular
[en] Swine
Resumo Introdução: A correção do aneurisma pela técnica endovascular ganha mais espaço com o aprimoramento do material utilizado, buscando-se um sistema ideal. Os estudos com esses dispositivos necessitam de modelos experimentais que devem apresentar características anatômicas e fisiopatológicas similares aos aneurismas em humanos. Apresentamos um novo modelo com bolsa de pericárdio bovino em suínos, com abordagem cirúrgica por via retroperitonial. Materiais e métodos: Estudo prospectivo, de coorte, avaliado pelo comitê de bioética, utilizando 11 suínos de raça Large White e do sexo feminino, com idade de 12 semanas, dividido em duas fases. A fase I consistiu na confecção do aneurisma, abordando a aorta retroperitonial com anestesia geral; na fase II, após 15 dias, realizou-se a arteriografia, eutanásia e retirada da peça para estudo anatomopatológico. Resultados: Em todos os animais, observou-se formação de trombos murais, como ocorre em aneurismas verdadeiros que comprometem de 30 a 90% da luz. À microscopia foram observadas calcificações na região do trombo em 82% dos animais. Havia infiltrado linfoplasmocitário no enxerto e região perienxerto, com fibrose em nove animais. Em três suínos havia espessamento miointimal considerável, e em oito, microcalcificações. A mortalidade foi nula, sem complicações cirúrgicas locais, isquêmicas e de ruptura. Conclusão: O modelo corresponde ao objetivo inicial de manter a aorta, seus ramos colaterais e terminais pérvios, com achados estruturais semelhantes aos de aneurismas encontrados em humanos: reação inflamatória parietal, periadvencial, trombo e calcificações da parede. As técnicas anestésica e operatória desenvolvidas foram satisfatórias e de morbimortalidade nula no período avaliado.
Abstract Background: The correction of an aneurysm using endovascular techniques has gained importance with the improvement of materials. The study of endovascular prostheses requires experimental models that reproduce anatomic and physiopathologic characteristics of human aneurysms. This study describes a new swine model that used bovine pericardium and a retroperitoneal surgical approach. Material and methods: This prospective cohort study used eleven Large White female pigs with a mean age of 12 weeks in the two study phases. In phase I, the aneurysm was produced and surgery using a retroperitoneal approach to the aorta under general anesthesia was performed; and in phase II, 15 days later, the animals underwent arteriography and were later killed, and specimens were removed for histological analysis Results: The formation of parietal thrombus, which is also found in true aneurysms that involve 30 to 90% of the lumen, was observed in all animals. Microscopic analysis showed calcifications in the area of thrombus in 82% of the animals. There was lymphoplasmocytic infiltration in the graft and adjacent area, with fibrosis in nine animals. Three pigs had substantial myointimal thickening, and eight had microcalcifications. Mortality was zero, and there were no ruptures, ischemia or surgery site. Conclusion: The aorta and its collateral and terminal branches remained healthy, and structural findings were similar to those observed in human aneurysms: wall inflammation, periadventitial thrombus and wall calcification. The anesthetic and operatory techniques were satisfactory, and there was no morbidity or mortality during the study.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15224
Arquivos Descrição Formato
000673312.pdf (469.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.