Repositório Digital

A- A A+

Determinação do momento proximal resultante e da força proximal resultante no ombro em exercícios de reabilitação com três diferentes situações de carga

.

Determinação do momento proximal resultante e da força proximal resultante no ombro em exercícios de reabilitação com três diferentes situações de carga

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Determinação do momento proximal resultante e da força proximal resultante no ombro em exercícios de reabilitação com três diferentes situações de carga
Autor Toledo, Joelly Manhic de
Orientador Loss, Jefferson Fagundes
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Biomecânica
Força
Ombro
Reabilitação
[en] Proximal net force
[en] Proximal net moment
[en] Rehabilitation
[en] Shoulder
Resumo Este estudo teve como objetivo determinar os picos de momento proximal resultante (MPR) e força proximal resultante (FPR) no ombro em alguns exercícios de reabilitação (elevação no plano escapular, flexão e abdução) em três diferentes situações de carga: sem carga (SC), com peso livre (HA) e com resistência elástica (RE). Participaram do estudo 21 indivíduos do sexo masculino, destros e sem histórico de lesão no ombro direito. Para análise cinemática foram utilizadas cinco câmeras digitais conectadas a cinco microcomputadores e, para análise cinética na situação de carga com RE, foi utilizada uma célula de carga. Cada indivíduo realizou cinco repetições de cada movimento com as três situações de carga em uma ordem randomizada, totalizando a participação em nove situações para análise. Um modelo matemático tridimensional foi utilizado para o cálculo do MPR e da FPR, a partir dos eixos: póstero-anterior (x), caudal-cranial (y) e médio-lateral (z). Na análise estatística dos dados a normalidade dos dados foi confirmada por meio do teste de Shapiro-Wilk. Os dados de pico de MPR e FPR e ângulo de ocorrência desses picos nas três situações de carga e nos três diferentes movimentos foram comparados entre si em relação às suas magnitudes por meio do teste ANOVA two-way com um post hoc de Bonferroni (nível de significância de p< 0,05). Os resultados mostram que no eixo x e no z houve diferença estatisticamente significativa para todas as variáveis analisadas nos dois fatores. Já no eixo y o ângulo de ocorrência dos picos da FPR no fator movimento não apresentou diferença estatística. Houve interação dos fatores para o ângulo de ocorrência dos picos do MPR no eixo x e para o pico do MPR no eixo y. Os exercícios de reabilitação que apresentaram maior pico da FPR no eixo x e no eixo y foram o de elevação e flexão, e no eixo z o de abdução e os que apresentaram maior pico do MPR nos eixos x e y foram o de abdução, e no eixo z o de flexão e elevação. As situações de carga que apresentaram maior pico da FPR no eixo x foram a HA e a RE, e nos eixos y e z foi a HA. A situação de carga que apresentou maior pico do MPR nos três eixos foi a HA.
Abstract The objective of this study was to determine the proximal net moment (PNM) and proximal net force (PNF) peaks of the shoulder in some shoulder rehabilitation exercises (elevation, flexion and abduction) with three different load situations: without load (WL), with free load (FL) and with elastic resistance (ER). Twenty-one male subjects, right-handed and without right shoulder injury history participated in the study. For kinematics analysis, five digital cameras connected to five computers were used and, for kinetic analysis for the ER load situation, a strain gauge was used. Each subject carried out five repetitions of all movements with the three load situations in a randomized order and, therefore, participated of nine situations of analysis. A three-dimensional mathematic model was used to calculate the PNM and PNF and the axes used are: posterior-anterior (x), inferior-superior (y) and medio-lateral (z). In the data statistic analysis, data normality was confirmed by Shapiro-Wilk test. The data of PNM peak, PNF peak and angle which these peaks occur in the three different situation loads and in the three different movements were compared using a two-way repeated measures analysis of variance (ANOVA) with Bonferroni post hoc test (significance level of 0,05). The results show that in the x and z axes there is significant statistical difference for all variables analised in the two factors. However, in the y axis the angle where the peak PNF occur does not reveals statiscal difference in the movement factor. With regard to factors interaction, there are just two significants for PNF peak angle in the x axis and for PNF peak in the y axis. In conclusion, the exercises that have the greater PNF peak in the x and y axes were elevation and flexion, and in the z axis was abduction. The exercises that have the greater PNM peak in the x and y axes was abduction and in the z axis were flexion and elevation. The load situations that presented the greater PNF peak in the x axis were FL and ER and in the y and z axes was FL. The situation load that has the greater PNM peak in all axes was FL.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15290
Arquivos Descrição Formato
000678902.pdf (1.348Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.