Repositório Digital

A- A A+

Modelagem de exigências nutricionais de porcas gestantes e lactantes utilizando o inraporc

.

Modelagem de exigências nutricionais de porcas gestantes e lactantes utilizando o inraporc

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelagem de exigências nutricionais de porcas gestantes e lactantes utilizando o inraporc
Autor Hansen, Vitória
Orientador Andretta, Ines
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Modelo InraPorc
Nutricao animal : Suinos
Produtividade
Suinocultura : Alimentação
Resumo O presente trabalho foi realizado para avaliar o programa de alimentação utilizado em uma granja comercial no município de Tuparendi/RS e compará-lo com as exigências nutricionais dos animais obtidas através de simulação no modelo matemático InraPorc. O trabalho foi desenvolvido em quatro etapas: (1) definição do perfil animal, (2) estimação das exigências nutricionais, (3) definição do programa nutricional e alimentar, (4) avaliação dos dados simulados no modelo InraPorc em relação aos aplicados na granja. As variáveis inseridas no perfil animal foram: número de porcas produtivas distribuídas em cada ordem de parto (OP), consumo de ração durante as fases de gestação, lactação e intervalo desmame-cobertura; duração do período de lactação; número médio de leitões nascidos totais, vivos, natimortos e desmamados em cada OP; peso dos leitões ao nascimento e desmame, idade das matrizes na primeira cobertura, período de intervalo desmame-cobertura, além do peso vivo e espessura de toucinho das matrizes. O sistema de alojamento é individual até os 30 dias de gestação, e coletivo até 5 dias antes do parto. A base das dietas formuladas foi milho e farelo de soja, seguindo as exigências nutricionais de acordo com a Tabela Brasileira para Aves e Suínos (2011). Os dados foram inseridos no modelo InraPorc, que gerou as simulações O consumo de ração foi maior durante a lactação, sendo as primíparas a categoria com menor consumo voluntário. Ocorreu mobilização de proteínas e lipídeos durante a lactação, fato comprovado pelo déficit de energia constatado em todas as OP. Em primíparas foi constatada mobilização de lisina no terço final da gestação, que se agravou em animais com OP alto. Também ocorreu um excesso de fósforo na nutrição em ambas as fases – gestação e lactação. Este trabalho permite identificar possibilidades de ajustes nutricionais para a granja estudada, a fim de garantir que o programa de alimentação seja capaz de suprir as exigências nutricionais das fêmeas suínas com precisão.
Abstract This current study was carried out to evaluate the feeding program applied in a commercial farm in Tuparendi/RS and comparing it to the nutritional requirements obtained through simulation in the InraPorc mathematical model. The study was developed in four stages: (1) definition of the animal profile, (2) estimation of nutritional requirements, (3) definition of the nutritional and feeding program, (4) evaluation of the simulated data in the InraPorc model in relation to those applied on the farm. The variables included in the animal profile were: number of productive sows distributed in each parity order (OP), feed intake during the gestation, lactation and weaning-to-service interval; duration of the lactation period; average number of piglets born, alive, stillborn and weaned in each OP; weight of piglets at birth and weaning, age of sows at first service, weaning-to-service interval; and live weight and backfat thickness of sows. Sows were individually housed until the 30th day of gestation, and moved to collective pens until 5 days before farrowing The diets were formulated based on corn and soybean meal, following the nutritional requirements according to the Brazilian Tables for Poultry and Swine (2011). The collected data were used to calibrate the InraPorc model, which generated the simulations. Feed intake was higher during lactation, with the gilts being the category with the lowest voluntary feed consumption. Protein and lipid mobilization occurred during lactation, which was evidenced by the energy deficit observed in all OP. In gilts, a lysine mobilization was observed in the final third of gestation, which was more noticeable in animals with high OP. There was also an excess of phosphorus in the feeding plan applied in both phases - gestation and lactation. This study allows us to identify opportunities for nutritional adjustments in the feeding program applied in the studied farm, which would establish a diet plan capable of precisely satisfying the nutritional requirements of the herd.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/153226
Arquivos Descrição Formato
001014198.pdf (750.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.