Repositório Digital

A- A A+

Preconceito em rede : educação para as relações étnico raciais a partir do discurso dos usuários da internet

.

Preconceito em rede : educação para as relações étnico raciais a partir do discurso dos usuários da internet

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Preconceito em rede : educação para as relações étnico raciais a partir do discurso dos usuários da internet
Autor Ferreira, Heridan de Jesus Guterres Pavão
Orientador Axt, Margarete
Co-orientador Lazzarotto, Gislei Domingas Romanzini
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Internet
Preconceito étnico
[en] Digital Genres
[en] Education for Ethno-racial relations
[en] Racial prejudice
[en] Teaching
Resumo O cenário desta pesquisa envolveu a educação para as relações étnico raciais a partir da análise do discurso dos usuários de uma rede social, tomando como referencial as postagens de usuários do Facebook e a discussão do preconceito que se materializa em rede e se propaga nos espaços informais e formais de educação. Sua relevância se dá na medida em que instigou o estudo e a construção de estratégias educativas voltadas para os desafios da escola no contexto contemporâneo. Objetivamos investigar de que forma o preconceito materializado por meio da linguagem, numa rede social, pode ser trabalhado nos contextos informais e formais de educação, observando-se a importância de utilizar-se um recurso digital na identificação de frases e textos verbais e não verbais, cujo cunho pejorativo, inferiorize a pessoa, estigmatizando-a. A pesquisa realizada tomou como suporte os estudos de linguagem, tendo como referencial os pressupostos de M. Bakhtin, no que diz respeito aos conceitos de dialogismo e polifonia. No que concerne ao preconceito, nossa pesquisa terá como suporte os estudos de P. Bourdieu, K. Munanga, L. Sansone; C. Furtado, A. Guimarães. O trabalho proposto teve como aporte a pesquisa qualitativa, com base no pressuposto dialógico da pesquisa formação. Para tanto, a metodologia CIVITAS, do grupo de pesquisa LELIC/PPGIE/UFRGS, articulou nesta tese, o diálogo entre a educação básica e o ensino superior, com base nos sujeitos que atuam nesses segmentos da educação. Assim, com base no projeto CIVITAS, em articulação com o Projeto de Vidas/UFMA a pesquisa teve como sujeitos um grupo de estudantes da Educação Básica dos oitavo e nono anos do Ensino Fundamental e de universitários de um curso de licenciatura, registrando os sentidos atribuídos, por escolares e universitários, sobre uma seleção de postagens do Facebook que evidenciam o discurso de preconceito racial. Utilizou como base metodológica a identificação de vocábulos, frases e imagens de cunho pejorativo, fazendo associações entre palavras, frases e imagens. Nesse sentido, tais questões foram discutidas com base nos estudos de linguagem e da educação para a promoção das relações étnico raciais, compondo-se assim, um estudo acerca de como a educação formal e informal pode a partir das redes sociais discutir temas atuais e pertinentes a serem trabalhados na escola, tendo como referencial a Lei n. 11.645/08. Verificou-se que a escola deve considerar em seu currículo, de forma interdisciplinar e contextualizada com as novas tecnologias, a educação para as relações étnico raciais, no contexto de diferentes áreas de conhecimento, entre elas a Língua Portuguesa e os estudos dos gêneros digitais, enquanto proposta para se se refletir acerca das desigualdades advindas da cor/raça dos alunos.
Abstract The scenario of this research involved education or ethno-racial relations based on discourse analysis of users from a social network, setting as the benchmark, Facebook user posts and the discussion on prejudice which materializes online and spreads over informal and formal educational space. Its relevance is to the extent that it instigated study and construction of educational strategies designed for the challenges of modern day schooling. Our object is to investigate the way in which prejudice materialized through language, on a social network, can be worked in informal and formal educational contexts, noting the importance of using a digital feature to identify phrasal and verbal & non-verbal texts, whose pejorative nature, degrades and stigmatizes the person. The research was supported by language studies based on assumptions from M. Bakhtin, concerning concepts of dialogism and polyphony. Regarding prejudice, our research will be supported by studies from P. Bourdieu, K. Munanga, L. Sansone; C. Furtado, A. Guimarães. The research proposed had the contribution of qualitative research based on dialogic assumption of training research. Therefore, CIVITAS methodology CIVITAS, from the LELIC/PPGIE/UFRGS research group articulated in this thesis, dialog between basic and higher education based on subjects which act in these educational segments. Thus, based on the CIVITAS Project, articulation with Projeto de Vidas/UFMA, the subjects were a group of students from Basic Education from eighth and ninth grade in Middle School and college students from a teaching course registering the feelings attributed by school and college students about a selection of Facebook posts that show a discourse of racial prejudice. The methodological base was identification of words, phrases and images of a pejorative nature. In this sense, such questions were discussed based on language studies to promote ethno-racial relations, making up a study about how formal and informal education can, based on social networks, discuss current and pertinent themes to be worked in school as per Law 11.645/08. It was verified that schools should consider in their curriculum, interdisciplinary and contextualized matter with new technologies and education for ethno-racial relations in the context of different knowledge areas, among them Portuguese and digital genres as a proposal to reflect on inequalities stemming from students’ color/race.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/153255
Arquivos Descrição Formato
001014273.pdf (1.714Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.