Repositório Digital

A- A A+

Educação a distância e mudança organizacional na Escola de Administração da UFRGS : uma teoria substantiva

.

Educação a distância e mudança organizacional na Escola de Administração da UFRGS : uma teoria substantiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação a distância e mudança organizacional na Escola de Administração da UFRGS : uma teoria substantiva
Autor Schröeder, Christine da Silva
Orientador Klering, Luis Roque
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Educação à distância
Mudança organizacional
Organizações : Teoria
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração.
[en] Distance education
[en] Grounded theory
[en] Organizational change
[en] Substantive theory
Resumo O presente estudo apresenta uma teoria substantiva desenvolvida acerca da educação a distância (EAD) e da mudança organizacional na Escola de Administração (EA) da UFRGS. Primeiramente, desenvolver uma teoria substantiva implica em mais do que apresentar um conjunto de resultados; uma teoria substantiva procura oferecer explicações adicionais acerca de um determinado fenômeno de estudo, em um contexto específico – aqui, no caso, a EAD na EA – permitindo aos seus “usuários” explicar e mesmo prever fatos, fornecendo, assim, diretrizes para a ação. Com vistas a atingir este objetivo geral, a abordagem metodológica adotada pela pesquisa foi a da Grounded Theory (GT), ou teoria fundamentada nos dados, com base nas orientações de Strauss e Corbin (2008), possibilitando que os dados fossem analisados num equilíbrio entre sensibilidade e objetividade, num contexto em que a pesquisadora foi participante ativa e, por assim dizer, implicada com o processo, numa construção colaborativa com os pesquisados. A proposta é vista como relevante pela própria EA, pela pesquisa em educação a distância e pela pesquisa em Administração, em termos teóricos e metodológicos; ainda, pôde ser facilmente viabilizada, dada a atuação da pesquisadora em campo, e pelo acesso a considerável volume de documentos e pessoas, em que se empregou, além de entrevistas e de observação participante, análise de registros em arquivo, de literatura técnica e não-técnica, e de artefato (no caso, a Plataforma NAVi). Após conceituar e contextualizar o fenômeno e objeto de estudo – a EAD na EA –, sob diferentes aspectos, a pesquisa de campo conduziu a um processo de construção teórica que resultou em 06 (seis) categorias-base: valores, conteúdo, tecnologia, gestão, institucionalização e interação. A última, interação, foi considerada a categoria central do estudo. A partir destas categorias, chegou-se a um modelo relacional, com associações – ou permeabilidades – das categorias-base à categoria central – interação –, bem como explanando outras relações possíveis. As principais considerações finais evidenciam a relevância do estudo em outros contextos, posto que as conclusões não são generalizáveis mas podem fornecer insights para a análise em outras instituições, bem como o fato de que uma teoria substantiva permanece aberta a novos esforços e aperfeiçoamentos, sendo apenas uma representação da realidade.
Abstract The present study presents a substantive theory about distance education (DE) and organizational change in the School of Administration (EA) of the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS). First, creating a substantive theory implies in something more than presenting a set of results; a substantive theory aims to offer additional explanations about a determined phenomenon of study, in a specific context – here, in this case, it refers to the DE phenomenon in the EA – allowing to his "users" to explain and even to predict facts, supplying, so, guidelines for the action. Aiming to reach this general objective, the methodological approach adopted by the research was Grounded Theory (GT), or theory based on data, with basis in instructions of Strauss and Corbin (2008), making possible that data were analyzed in a balance between sensibility and objectivity, in a context in which the researcher was an active participant and, so, implicated in the process, in a collaborative construction with the people in research. The study is seen as relevant for the EA itself, for the research in distance education and in Administration, in theoretical and methodological terms; it was easily viable for the researcher’s experience in the research field and the access to considerable amount of documents and people. Analysis of interviews, archive registers analysis, participant observation, technical and non-technical literature and artefact analysis (NAVi Learning System) were employed. After conceptualizing and contextualizing the phenomenon and also object of study – DE in the EA –, under different aspects, the field work led to a process of theoretical construction that turned in 06 (six) basis-categories: values, content, technology, management, institutionalization and interaction. The last one, interaction, was classified as the central category of the study. From these categories, it was developed a relational model, with associations – or permeabilities – from the base categories to the central category – interaction –, as well as explaining other possible relations. The main final considerations show the relevance of the study up in other contexts, although the conclusions are not generalizable they may supply insights for analysis in other institutions, as well as the fact that a substantive theory remains open to new efforts and improvements, being just one representation of reality.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15326
Arquivos Descrição Formato
000679277.pdf (2.829Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.