Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da absorção de imunoglobulinas em leitões recém-nascidos pela técnica do imunócrito

.

Avaliação da absorção de imunoglobulinas em leitões recém-nascidos pela técnica do imunócrito

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da absorção de imunoglobulinas em leitões recém-nascidos pela técnica do imunócrito
Autor Neis, Luísa Zasso
Orientador Mellagi, Ana Paula Gonçalves
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Colostro
Imunoglobulinas
Suínos
[en] Birth order
[en] Colostrum
[en] Immunocrit
[en] Immunoglobulins
Resumo O presente experimento constituiu em avaliar a absorção de imunoglobulinas em leitões recém-nascidos pela técnica do imunócrito. No estudo, foram analisados soros de 135 leitões provenientes de fêmeas de diferentes ordens de parto. Os partos foram acompanhados e os leitões permaneceram com suas mães biológicas. As amostras de sangue foram coletadas 24 horas após o parto por punção da veia cava cranial, sendo posteriormente centrifugadas (1258 g) por 2 min para obtenção do soro. As amostras foram refrigeradas para transporte até a UFRGS e congeladas a -20 °C. Após descongelamento foram homogeneizados 50 μl de soro com 50 μl de sulfato de amônio 40%, sendo colocadas em microcapilares de hematócrito e centrifugadas (10.621 g) por 5 min, para a precipitação das imunoglobulinas. A taxa de imunócrito foi determinada pela razão entre a altura da coluna do precipitado e a altura da coluna total. Não houve diferença estatística na taxa de imunócrito entre sexo, peso ao nascimento e peso após 24 horas dos leitões. Leitões que ingeriram quantidade de colostro acima de 79 g e leitões com ganho de peso acima de 110 g nas primeiras 24 horas após o nascimento obtiveram maiores taxas de imunócrito. Leitões provenientes de leitegadas numerosas e leitões com ordem de nascimento acima de 14 obtiveram menor taxa de imunócrito.
Abstract The present experiment aimed to evaluate the immunoglobulin absorption in newborn piglets by the immunocrit technique. In the study, sera from 135 piglets from females of different birth orders were analyzed. The parturitions were assisted and the piglets remained with their biological mothers. Blood samples were collected 24 hours after birth by cranial vena cava puncture, and then centrifuged (1258 g) for 2 min to obtain serum. Samples were refrigerated to transport to UFRGS and frozen at -20 °C. After thawing, 50 μl serum were homogenized with 50 μl 40% (NH4)2SO4 and placed in hematocrit microcapillary tubes to centrifuged (10,621 g) for 5 min to precipitate the immunoglobulins. The immunocrit was determined by the ratio of the column height of the precipitate to the total column height. There was no statistical difference in immunocrit rate between sex, birth weight and weight after 24 hours of the piglets. Piglets that ingested more than 79 g of colostrum and piglets with weight higher than 110 g in the first 24 hours after birth had higher rates of immunocrit. Piglets from numerous litters and piglets with order of birth above 14 had lower immunocrit values.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/153325
Arquivos Descrição Formato
001013960.pdf (728.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.