Repositório Digital

A- A A+

Porto Alegre literária no início do século XXI : representações sobre a cidade

.

Porto Alegre literária no início do século XXI : representações sobre a cidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Porto Alegre literária no início do século XXI : representações sobre a cidade
Autor Stueber, Ketlen
Orientador Morigi, Valdir Jose
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Imaginário urbano
Narrativa literária
Porto Alegre (RS)
Representação social
[en] Representations and literary stories
[en] Urban imaginaries
Resumo Esta pesquisa busca compreender como as narrativas sobre Porto Alegre são construídas na literatura contemporânea do século XXI. A arte e a literatura participam da construção simbólica por meio de processos dinâmicos, despertam os sentidos, qualificam os imaginários e produzem representações sobre a cidade. As representações sociais, a memória e a cultura, o senso comum, o imaginário social e os imaginários urbanos, são elementos fundamentais para compreender as narrativas produzidas e identificar as representações que formam o imaginário da cidade. Este estudo analisa três obras da literatura brasileira contemporânea sobre Porto Alegre: Quarenta Dias, Imóveis Paredes e Meia Noite e Vinte. A partir daí foram construídos “croquis” simbólicos e mapas representacionais sobre a cidade. Os procedimentos metodológicos aplicados são: levantamento e análise de elementos simbólicos que formam os imaginários da cidade por meio de análise temática e de conteúdo; enquadramento histórico-literário; análise e coleta de citações para formulação de mapas representacionais e “croqui” das obras analisadas. Conclui-se que as narrativas literárias sobre Porto Alegre descrevem uma cidade caótica, de temperaturas extremas, insegura, dominada por desigualdades sociais e pela especulação imobiliária; despreza o patrimônio histórico e arquitetônico Em contraponto, discursos nostálgicos de um tempo recente, descrevem uma cidade segura, pacífica e rica em ofertas culturais quando regida por gestões populares. Ideais de bem viver são também evocados por ações simples e significativas como caminhar pelas ruas para ressignificar a cidade. As representações sobre Porto Alegre nas narrativas literárias contemporâneas se aproximam das narrativas sobre a cidade, veiculadas por diferentes meios (rádio, TV, jornal impresso, entre outros).
Abstract This research aims to comprehend how stories about Porto Alegre are elaborated in contemporary literature of the 21st century. Art and literature take part in the symbolic construction via dynamic processes, awaken the senses, qualify the imaginaires and produce representations about the city. Social representations, memory and culture, common sense, the social imaginary and urban imaginaries are elements of utmost importance in comprehending the produced stories and identifying the representations which form the city's imaginaire. This study analyzes works of contemporary Brazilian literature about Porto Alegre. From there, symbolic "sketches" and representational maps about the city were constructed. The metodological procedures applied are as follows: surveillance and analysis of symbolic elements which form the city's urban imaginaries via analysis of theme and content; creation of a historic-literary framework; analysis and gathering of quotations for the elaboration of representational maps and a "sketch" of analyzed works. It is therefore concluded that literary stories about Porto Alegre depict a chaotic city, of temperatures in the extremes, unsafe, dominated by social inequiality and real estate speculation; historic and architectural heritage are despised. On the other hand, a nostalgic speech from recent times depicts a city which is safe, pacific and with plenty of cultural offerings while governed by popular administrations. Ideas of well-living are also evoked by simple and significant actions such as walking by the streets to give, once again, a meaning to the city. Representations of Porto Alegre in contemporary literature are similar to those conveyed via different means of communication (radio, TV, newspapers, along with others).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/153360
Arquivos Descrição Formato
001014009.pdf (1.813Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.