Repositório Digital

A- A A+

Inviolabilidade de domicílio e prisão em flagrante em casos de tráfico de drogas à luz da jurisprudência do STF

.

Inviolabilidade de domicílio e prisão em flagrante em casos de tráfico de drogas à luz da jurisprudência do STF

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inviolabilidade de domicílio e prisão em flagrante em casos de tráfico de drogas à luz da jurisprudência do STF
Autor Sobottka, Daniel Michel
Orientador Silva, Pablo Rodrigo Alflen da
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Direito penal
Prisão em flagrante
Tráfico de drogas
[en] Court of justice of the state of Rio Grande do Sul
[en] Criminal law
[en] Domestic inviolability
[en] Extraordinary appeal nº 603.616/RO
[en] Proportionality
[en] Weighting technique
Resumo O presente trabalho propõe-se a analisar a questão da legalidade da entrada forçada em domicílio, baseada na exceção do flagrante delito, nos casos de tráfico de drogas, em suas modalidades permanentes. Busca-se identificar qual o tratamento dado à matéria pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, bem como responder como se pode identificar a presença, ou não, de fundadas razões para a medida de entrada forçada em domicílio e, por fim, qual a melhor forma de se lidar com algumas das situações encontradas na prática jurídica. Para tanto, inicia-se com uma apresentação do histórico do tema na legislação pertinente ao Estado brasileiro, passando em seguida a uma análise da situação atual, abordando seus conceitos mais relevantes. Em seguida, é apresentada a decisão do Supremo Tribunal Federal no Recurso Extraordinário nº 603.616/RO, com discussão acerca dos principais elementos do julgamento. Para auxiliar na compreensão dos conceitos mencionados na decisão, são apresentadas teorias acerca do princípio da proporcionalidade e da técnica da ponderação. O último capítulo se inicia com a apresentação de levantamento quantitativo das decisões do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul acerca da matéria debatida. Por fim, apresenta-se argumentação, baseada no quadro teórico anteriormente colocado, buscando definir a melhor solução jurídica para algumas situações comuns da prática forense.
Abstract This paper aims to analyze the issue of the legality of the forced entry on residences, based on the exception of the flagrante delicto, in cases of drug trafficking, in its permanent modalities. We aim to identify the treatment given to the matter by the Court of Justice of the State of Rio Grande do Sul, as well as to answer how one can identify the presence or not of well-founded reasons for the measure of forcible home entry and, finally, which would be the best way to deal with some of the situations found in legal practice. To do so, we begin with a historical presentation of the issue in the legislation pertinent to the Brazilian State, passing next to an analysis of the current situation, addressing its most relevant concepts. Next, the decision of the Federal Supreme Court in the Extraordinary Appeal nº 603.616/RO is presented, with a discussion of its main elements. To assist in understanding the concepts mentioned in the decision, theories about the principle of proportionality and the weighting technique are presented. The last chapter begins with the presentation of a quantitative survey of the decisions of the Court of Justice of the State of Rio Grande do Sul on the subject discussed. Finally, we present an argument, based on the theoretical framework previously asserted, seeking to define the best legal solution for some common situations on judicial practice.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/153366
Arquivos Descrição Formato
001010666.pdf (502.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.