Repositório Digital

A- A A+

Potencial do uso dos fundos Trichoderma spp. e Paecilomyces lilacinus no biocontrole de Meloidogyne incognita em Phaseolus vulgaris

.

Potencial do uso dos fundos Trichoderma spp. e Paecilomyces lilacinus no biocontrole de Meloidogyne incognita em Phaseolus vulgaris

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Potencial do uso dos fundos Trichoderma spp. e Paecilomyces lilacinus no biocontrole de Meloidogyne incognita em Phaseolus vulgaris
Outro título Potential use of Trichoderma spp. and Paecilomyces lilacinus fungus in the biocontrol of Meloidogyne incognita in Phaseolus vulgaris
Autor Santin, Rita de Cássia Madail
Orientador Matsumura, Aida Terezinha Santos
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Controle biologico
Doença de planta : Fungo
Feijao
Nematóide
Resumo O cultivo de feijão no Brasil tem sido limitado por diversos patógenos. Entre os problemas da cultura estão os nematóides do gênero Meloidogyne, os quais constituem uma das principais razões da baixa produtividade das lavouras. Além dos danos diretos causados pelos nematóides às plantas, estes causam danos indiretos devido aos ferimentos que servem como porta de entrada a patógenos, como o Fusarium sp. Atualmente, um dos métodos mais usados no controle de nematóides é o controle químico, o qual é caro e extremamente prejudical ao meio ambiente. Portanto, tem por objetivo este trabalho estudar o potencial dos fungos Trichoderma spp. e Paecilomyces lilacinus no controle de M. incognita, assim como os mecanismos utilizados por estes em biotestes realizados in vivo associados a plantas de feijão. Testes realizados in vitro evidenciaram a produção de enzimas líticas como quitinases, glucanases e proteases, metabólitos voláteis dos fungos e hifas modificadas pelos isolados dos referidos fungos. Os filtrados fúngicos ocasionaram mortalidade de 100% dos J2 (juvenis de 2° estágio) de M. incognita. A análise microscópica demonstrou a adesão de conídios de Trichoderma spp. em ovos de M. incognita. Em testes in vivo com plantas de feijão cv. Engopa Ouro, obteve-se menor número de galhas e do fator de reprodução nos tramentos onde foram aplicados isolados T. harzianum (6T), T. pseudokonigii (2T) e o fungo nematófago P. lilacinus. Os resultados evidenciam que os isolados de Trichoderma spp. apresentam potencial no controle de M. incognita; os mecanismos utilizados consistem na produção de metabólitos voláteis, difusíveis e inibitórios aos nematóides, na produção de enzimas líticas que degradam a quitina dos ovos e capturam formas ativas do nematóide, além da formação de hifas modificadas denominadas “armadilhas”.
Abstract The bean cultive in Brazil has been limited by several pathogens. One of the most important problems in the culture are Melodogyne nematodes, which constitute one of the main reasons behind the low productivity in the agriculture. Besides the direct damages caused by nematodes to plants, they also bring indirect damages due to the wounds acting as entrance points to pathogens, like Fusarium sp. Chemical control is currently one of the most used methods to control nematodes, which is expensive and extremely harmful to the environment. Thus, this work objective is studying the possible action of Trichoderma spp. and Paecilomyces lilacinus to control M. incognita, as well as the mechanisms used by them through in vivo tests associated to bean plants. In vitro performed tests evidenced the production of lytic enzymes as chitinases, glucanases, and proteases, volatile metabolic and hyphae modified by those fungus’ isolates. The fungal filtrate caused 100% mortality to M. incognita J2 (second-stage juveniles). The microscopical analysis demonstrated the attachment of Trichoderma spp. conidia in M. incognita eggs. In vivo tests with Engopa Ouro bean plants achieved lower numbers of root-knot and reproduction factor when applying isolates of T. harzianum (6T), T. pseudokonigii (2T), and P. lilacinus nematophagous fungus. The results point out that Trichoderma spp. isolates are promising controllers of M. incognita, and the used mechanisms consist on producing volatile metabolics, which are diffusive and therefore inhibitory to nematodes, producing lytic enzymes that damage the egg chitina and capture active nematodes, and developing modified hyphae named “traps”.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15383
Arquivos Descrição Formato
000677405.pdf (2.320Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.