Repositório Digital

A- A A+

Perfil audiológico de trabalhadores expostos ao ruído usuários da unidade de saúde do trabalhador do município de Gravataí

.

Perfil audiológico de trabalhadores expostos ao ruído usuários da unidade de saúde do trabalhador do município de Gravataí

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil audiológico de trabalhadores expostos ao ruído usuários da unidade de saúde do trabalhador do município de Gravataí
Autor Andára, Simone Bittencourt
Orientador Oliveira, Paulo Antonio Barros
Data 2008
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Especialização em Saúde Pública.
Assunto Audição
Efeitos do ruído
Gravataí (RS)
Saúde pública
Resumo Este estudo analisou o perfil audiológico dos trabalhadores usuários da Unidade de Saúde do Trabalhador do município de Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil. Foram estudados 107 prontuários de trabalhadores expostos ao ruído ocupacional no período de abril de 2006 a março de 2008. O estudo foi de natureza descritiva, transversal e com enfoque quantitativo. Os dados foram coletados através dos prontuários dos pacientes e de questionário aplicado aos que ingressaram a partir de novembro de 2007, aprofundando algumas questões referentes à exposição ao ruído. Os resultados indicaram que 89,7% apresentaram alteração na audiometria tonal e 10,3% apresentaram audição normal. Dos exames alterados, 55,1% foram sugestivos de Perda Auditiva Induzida pelo Ruído (PAIR). As queixas mais comumente encontradas foram perda da audição e zumbidos. 77,6% dos trabalhadores expostos ao ruído são do sexo masculino e 22,4% do sexo feminino. A média de idade encontrada foi de 49,757 anos de idade e o tempo de exposição ao ruído foi de 17,391 anos. O ramo de atividade mais freqüente é o da indústria da transformação (58,9%). Referem utilizar Equipamento de Proteção Individual 54,3% dos trabalhadores e 45,7% não o utilizam. Observou-se que com o avanço da idade e do tempo de exposição ao ruído aumentam os casos de PAIR, fazendo com que a PAIR continue ocupando lugar de destaque na hierarquia dos agravos à saúde provocados através do trabalho.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/15407
Arquivos Descrição Formato
000678001.pdf (283.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.