Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do estresse oxidativo em pacientes idosos com anemia ferropênica

.

Avaliação do estresse oxidativo em pacientes idosos com anemia ferropênica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do estresse oxidativo em pacientes idosos com anemia ferropênica
Outro título Oxidative stress evaluation in old patients with iron deficiency anaemia
Autor Baccin, Aline Coghetto
Orientador Benfato, Mara da Silveira
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Biotecnologia do Estado do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular.
Assunto Anemia
Antioxidantes
Deficiência de ferro
Estresse oxidativo
Idoso : Aspectos sociais
[en] Carbonyl
[en] Free radicals
[en] Iron deficiency anaemia
[en] MDA
[en] Oxidative damage
Resumo A deficiência de ferro é o resultado de um longo período de balanço negativo do ferro, culminando na exaustão do estoque de ferro do organismo. Isto é revelado quando a concentração de hemoglobina declina para valores abaixo dos limites normais e então aparece a anemia, que ocorre devido à deficiente síntese de hemoglobina, com diminuição da proliferação eritrocitária. A anemia ferropênica é considerada o maior problema de saúde no idoso e está associada com várias complicações, incluindo doença cardiovascular, disfunção cognitiva, aumento no risco de morte, e principalmente tem um significante efeito na qualidade de vida. Estudos revelam que a anemia por deficiência de ferro causa maior susceptibilidade aos agentes oxidantes. Utilizando técnica espectrofotométrica, foram determinadas as atividades das enzimas antioxidantes catalase (CAT), glutationa peroxidase (GPx) e superóxido dismutase (SOD) e quantificada a glutationa total (GSH) nos eritrócitos dos pacientes. Também determinou-se o dano oxidativo nas proteínas plasmáticas e no hemolisado celular pelo método do carbonil a 360 nm. Os níveis da peroxidação lipídica (MDA) e da vitamina C foram determinados por cromatografia líquida de alta performance (HPLC). Os participantes da pesquisa foram selecionados de Ambulatórios de Atenção Básica de Saúde da Região Norte do Rio Grande do Sul, sendo que 17 indivíduos apresentaram anemia ferropênica e hipertensão primária e 18 apenas hipertensão primária devido à dificuldade de selecionar pacientes sem nenhuma patologia associada. Todos os indivíduos assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido. Os dados obtidos foram expressos como médias ± desvio padrão e analisados utilizando-se o Teste t-Student. Os resultados do trabalho mostram que os indivíduos com anemia ferropênica apresentam atividade significativamente elevada da SOD e da CAT em relação aos indivíduos controle, mas não apresentaram diferença na atividade da GPx nem da GSH. Observamos também, dano oxidativo em proteínas plasmáticas, mas não no hemolisado celular. Os pacientes com anemia ferropênica mostraram dano oxidativo em proteínas plasmáticas significativamente maiores, assim como um aumento significativo da produção de MDA no soro, como um indicativo do aumento da auto-oxidação dos lipídios sob condições de estresse oxidativo. Os níveis séricos da vitamina C não mostraram diferença significativa entre os grupos. Estes dados revelam o envolvimento de espécies reativas de oxigênio no agravamento da anemia carencial. Sendo assim, reforça-se a necessidade de diagnosticar e tratar esses pacientes precocemente, diminuindo a magnitude dos efeitos da anemia na saúde do idoso.
Abstract Iron deficiency is the outcome of a long period of negative iron balance, culminating in exhaustion of the body’s iron stores. This is revealed when hemoglobin concentration declines to values below normal levels and anaemia is detected, due to a deficient synthesis of hemoglobin, with decrease in eritrocitary proliferation. Iron deficiency anaemia is considered the most important health problem in elderly and it is associated with various complications, including cardiovascular disease, cognitive dysfunction, increased risk of death and, mostly, it has a meaningful effect in the quality of life. Studies reveal that iron deficiency anaemia cause higher susceptibility to oxidant agents. Using spectrophotometric techniques, the activities of antioxidant enzymes, catalase (CAT), glutathione peroxidase (GPx), superoxide dismutase (SOD) and total glutathione (GSH) were quantified in the erythrocytes of the patients. We also determined oxidative damage of plasma proteins and in hemolysate using the carbonyl assay at 360 nm. The levels of lipid peroxidation (MDA) and vitamin C were determined by highperformance liquid chromatography (HPLC). Participants in this study were selected in Ambulatories of Basic Health Attention in the North of the State of Rio Grande do Sul. 17 individuals presented iron deficiency anaemia and primary hypertension and 18 only primary hypertension, because it was difficult to select patients without any associated deficiency. All individuals signed the term of free and clarified consent to participate in this study. Data were analyzed using t- Student Test. Results show that individuals with iron deficiency anaemia show significantly higher activity of SOD and CAT when compared with those from the control group, but they do not show difference in the activity of GPx or GSH. Oxidative damage was also observed in plasma proteins, but not in the cellular hemolysate. Patients with iron deficiency anaemia showed oxidative damage in plasma proteins significantly higher when compared with the control group. And they also showed a significant increase in the production of MDA in the serum as an indicative of the increased auto-oxidation of lipids under oxidative stress. Serum vitamin C levels did not show significant difference between the groups. These data reveal the involvement of the reactive oxygen species in carential anaemia. Therefore, we reinforce the need to diagnose and treat these patients early to reduce the magnitude of the effects of anaemia on the heath of the elderly.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15491
Arquivos Descrição Formato
000680363.pdf (383.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.