Repositório Digital

A- A A+

Diretrizes para a adoção da customização em massa na construção habitacional para baixa renda

.

Diretrizes para a adoção da customização em massa na construção habitacional para baixa renda

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diretrizes para a adoção da customização em massa na construção habitacional para baixa renda
Outro título Guidelines for adopting mass customization in low-income house building
Autor Tillmann, Patrícia André
Orientador Formoso, Carlos Torres
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Customização em massa
Habitacao popular
Indústria da construção
[en] Low-income housing
[en] Mass customization
[en] Product development process
Resumo O termo customização em massa se refere à habilidade de fornecer produtos diferenciados aos consumidores sem que haja um aumento significativo de custos e tempo de entrega. Esta estratégia vem sendo adotada com sucesso por um crescente número de empresas do setor de manufatura, entretanto, o mesmo não se observa no contexto de produção habitacional. No Brasil, as empresas de construção civil engajadas na produção de habitações por intermédio de programas governamentais vêm sendo criticadas pela falta de eficiência em lidar com a diversidade de necessidades e desejos dos clientes finais. A oferta de flexibilidade nesses programas tende a ser muito limitada, devido, principalmente, à adoção de um paradigma de produção em massa no desenvolvimento desses empreendimentos. Dessa forma, o objetivo principal deste trabalho foi propor diretrizes para a adoção da estratégia de customização em massa na realização de empreendimentos habitacionais para a baixa renda no Brasil. Foram realizados dois estudos de caso em diferentes programas habitacionais, esses estudos foram desenvolvidos em três etapas. Na Etapa A buscou-se compreender o processo de desenvolvimento de produtos e identificar oportunidades para a adoção da customização em massa. Foram realizadas entrevistas com os agentes que participam do processo e analisados dados de fontes secundárias, previamente coletados por outros pesquisadores. A Etapa B teve como objetivo identificar os requisitos de customização. Para isto, foram analisados dados de fontes secundárias sobre o perfil dos clientes e avaliações pós-ocupação. Esses dados foram complementados com uma coleta sobre as adaptações realizadas realizadas pelos clientes durante o uso do imóvel. Por fim, a Etapa C caracterizou-se por uma reestruturação do PDP da empresa que participou desta pesquisa, na qual foram testadas as proposições sobre as oportunidades de adoção da customização em massa. As principais contribuições do presente trabalho dizem respeito não só a uma melhor compreensão da diversidade de requisitos do público-alvo desses programas, mas também à identificação de possibilidades de adoção da estratégia de customização em massa na realização de empreendimentos habitacionais para a baixa renda promovidos no âmbito de programas habitacionais Brasileiros.
Abstract Mass customisation stands for the ability to develop high value-added products within short time frames and at relatively low costs. This strategy is well known in manufacturing, where it has been widely used for competitive advantage. By contrast, the housing building industry in Brazil has been criticized for the lack of effectiveness in dealing with the diversity of customer needs. In low-income housing, for instance, product flexibility tends to be very limited, due to the fact that most housing programs adopt mass production core ideas in their conception. In this way, the main objective of this research was to propose guidelines for adopting a mass customization strategy in the provision of low-income housing in Brazil. Two case studies were carried out in different government housing programs. Both studies were divided into three phases. The first phase involved understanding the product development process and analysing opportunities to adopt a MC strategy. It was based on a set of interviews with product development participants and on the analysis of documents and secondary data previously collected by other researchers. The second phase consisted of mapping customization requirements, which was possible by analysing previously collected data regarding costumer’s profile and satisfaction. Also, data was collected to identify modifications made by users in their dwellings after occupation. Finally, in the third phase some propositions concerning the opportunities to adopt MC were tested. Some changes were implemented in the product development process of a house building company. Based on the main findings, guidelines for introducing a mass customisation in low cost housing are proposed. The main contributions of this research work are concerned with understanding the diversity of costumer’s requirements in low cost housing programs, and the identification of possibilities to adopt a mass customization strategy in the development of those programs in Brazil.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15539
Arquivos Descrição Formato
000684592.pdf (5.295Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.