Repositório Digital

A- A A+

Fragmentos Brietzkianos : estudo da cena nas montagens Brechtianas de Irene Brietzke

.

Fragmentos Brietzkianos : estudo da cena nas montagens Brechtianas de Irene Brietzke

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fragmentos Brietzkianos : estudo da cena nas montagens Brechtianas de Irene Brietzke
Autor Vieira, Carlos Humberto Vasconcellos
Orientador Spritzer, Mirna
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas.
Assunto Brecht, Bertolt 1898-1956. Análise : Crítica
Montagem teatral
Produção teatral
Resumo Este trabalho estuda a construção da cena nas montagens brechtianas dirigidas por Irene Brietzke, destacada diretora gaúcha das últimas décadas do século passado, buscando documentar e resgatar seu processo criativo, analisar os pontos de contato e as divergências com as teorias formuladas por Bertolt Brecht e fazer um levantamento iconográfico das mesmas. Resgatamos a memória das peças brechtianas, uma a cada capítulo, através das respectivas fichas técnicas, fotos, declarações e matérias publicadas na imprensa e dos depoimentos colhidos com Brietzke. É utilizado o nome dos espetáculos para denominar os capítulos e em cada um deles a discussão é focalizada sobre os pontos teóricos que a encenação sugere e que são relacionados com questões como a inserção histórica das montagens, o pós-brechtiano e o pós-dramático, o efeito de estranhamento, a recepção teatral, o papel da música na encenação e a construção da cena. Este trabalho articula diálogos com as vozes e idéias de Bertolt Brecht, Gerd Bornheim, Hans-Thyes Lehmann, Patrice Pavis, Marco de Marinis, entre outros. Buscamos destacar os principais diferenciais de seu trabalho, como o uso das comédias, debochadas e escrachadas, da presença marcante e essencial da música na cena brietzkiana, o grau de fidelidade à Brecht e várias outras questões que transpassam a obra de Brietzke.
Abstract The purpose of this paper is to study the scenery construction in the Brechtian setting productions directed by Mrs. Irene Brietzke, distinguished “gaucha” stage director in the last decades of the 20th Century, in an attempt to document and retrieve her creative process, to analyze the contact points and divergences connected to the theories stated by Bertolt Brecht, and to conduct an iconographic survey of them all. We retrieve the memory of the Brechtian pieces, one in each chapter, by means of their respective technical files, pictures, statements and articles set forth in the press, and the testimonies gathered with Brietzke. The names of the public performances are utilized to denominate the chapters, the discussion in each one is focused on the theoretical points the stage plays suggest and are related to matters, such as the historical insertion of productions, the post-Brechtian and the postdramatic, the strangeness effect, the theatric reception, the music role in the production and the scene construction. This paper articulates dialogs with voices and ideas of Bertolt Brecht, Gerd Bornheim, Hans-Thyes Lehmann, Patrice Pavis, Marco de Marinis, among others. We try to highlight the main differentials of her work, such as the comedies’ use, mocking and quizzical style, the essential and noteworthy presence of the music in the Brietzkian scene, the extent of faithfulness degree to Brecht and many other questions that overstep the Brietzke’s work.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15574
Arquivos Descrição Formato
000687381.pdf (6.580Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.