Repositório Digital

A- A A+

Mudanças no uso da terra e o florestamento : um estudo em três municípios do Rio Grande do Sul

.

Mudanças no uso da terra e o florestamento : um estudo em três municípios do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mudanças no uso da terra e o florestamento : um estudo em três municípios do Rio Grande do Sul
Autor Mendonça, Érica Silva
Orientador Waquil, Paulo Dabdab
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Agronegócios
Desenvolvimento sustentável : Indicadores
Florestamento
Manejo florestal
Rio Grande do Sul
[en] Forestry
[en] Land use
[en] Sustainable development indicators
Resumo A interação do ser humano com o ambiente tem modificado o uso da terra ao longo dos anos gerando benefícios para as sociedades, como o aumento na produção de alimentos. Ao mesmo tempo, estas mudanças têm trazido conseqüências negativas que podem ser determinantes na vulnerabilidade de lugares e pessoas. Para equilibrar os benefícios e malefícios gerados com as modificações no uso da terra é necessário que haja maiores conhecimentos sobre os impactos que cada tipo de empreendimento provoca nas diferentes visões que contemplam o desenvolvimento sustentável, ou seja na economia local, na sociedade e no meio ambiente. As atividades agrárias trabalham diretamente com o uso da terra e, dentre estas, o setor florestal encontra-se em destaque por apresentar um rápido crescimento e expansão em diversas partes do país. Entretanto, atualmente, no Rio Grande do Sul o crescimento deste setor tem gerado polêmicas e conflitos sobre os reais impactos positivos e negativos provocados com os plantios florestais comerciais. Deste modo, esta pesquisa se propôs estudar três municípios (Butiá, Cacequi e Encruzilhada do Sul) que apresentam fragilidades ambientais diferentes em relação à atividade de silvicultura, caracterizando as mudanças no uso da terra que ocorreram nestes locais; observando a evolução de indicadores sociais, ambientais, econômicos e infra-estruturais; e também obtendo a percepção de representantes destes municípios sobre as mudanças no uso da terra e os impactos gerados pelos plantios florestais. Para isto, foram utilizadas duas metodologias, sendo uma quantitativa, que consistiu em observar o comportamento de indicadores ambientais, econômicos, sociais e infra-estruturais; e outra qualitativa, utilizando entrevistas com representantes dos municípios estudados para obter a percepção desejada. Os resultados encontrados demonstram que há semelhanças entre os municípios e apresentam, de modo geral, uma melhora nos indicadores observados nas dimensões: ambiental, social, econômica e infra-estrutural; na percepção dos entrevistados há divergências de opiniões sobre os impactos gerados pelas mudanças no uso da terra com os plantios florestais e, assim como os demais usos da terra a implantação florestal pode gerar impactos considerados positivos e negativos, mas que devem ser observados em uma visão multidimensional antes de se estimular a atividade como alternativa para a região, para que os impactos negativos sejam minimizados.
Abstract The interaction between human beings and nature has being changing the land use along the years originating in benefits for the societies such as the increase in food production. At the same time, these changes have brought negatives consequences which may be the determining factors of the vulnerability for places and people. In order to balance the positive and negative impacts of the land use changes, it is necessary to have wide knowledge of the impacts that each activity may cause from the different sustainable development perspectives, that´s, either on the local economy, society and environment. The agricultural activities are directly related to the land use, and among these, the forest sector is highlighted for presenting a fast growth and expansion in various parts of the country. Thus, actually in Rio Grande do Sul this sector growth has raised polemics and conflicts about the real positive and negative impacts caused by the commercial forest plantations. So, this study aims at analyzing three local authorities (Butiá, Cacequi and Encruzilhada do Sul) that have different environmental weaknesses related to the forestry characterized by the changes in the land use which have occurred in these places, and looking at the evolution of the social, environmental, economic and infra-structural indicators, as well as to obtain the perceptions of the representatives of these local authorities about the land use changes and the forest plantation impacts. For this purpose, two methodologies were used, where one was quantitative which consisted in observing the behaviour of the environmental, social, economic and infra-structural indicators; and the other was qualitative methodology which through interviews with the local authority representatives, it was possible to obtain the desired perceptions. The findings revealed that there is similarities between the municipalities and in general they present an improvement on environmental, social, economic and infra-structural indicators observed. From the interviewers´ perceptions there is a conflict of opinions about the impacts caused by forestry on the land use changes as well as other positive and negative impacts that the forest plantation may cause which have to be considered through a multidimensional perspective before promoting this activity in the region and to minimize the negative impacts.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15582
Arquivos Descrição Formato
000682491.pdf (3.813Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.