Repositório Digital

A- A A+

Irmãos que cuidam de irmãos : concepções de justiça retributiva

.

Irmãos que cuidam de irmãos : concepções de justiça retributiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Irmãos que cuidam de irmãos : concepções de justiça retributiva
Autor Zanon, Leticia Lovato Dellazzana
Orientador Freitas, Lia Beatriz de Lucca
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Adolescente
Famílias de baixa renda
Justica distributiva : Adolescente
Relações entre irmãos
[en] Adolescents
[en] Retributive justice
[en] Sibling care
Resumo Este estudo investigou o cotidiano de adolescentes de famílias de baixa renda, especialmente daqueles que cuidam de seus irmãos, e suas concepções de justiça retributiva. Participaram 20 adolescentes, com idades entre 12 e 16 anos. Os instrumentos utilizados foram: ficha de dados sociodemográficos, genograma familiar, entrevista sobre o dia de vida e histórias sobre justiça retributiva. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo. Os resultados indicam que tanto adolescentes do sexo feminino quanto do sexo masculino realizam atividades de cuidado. Todavia, as primeiras são as que mais assumem tarefas domésticas. Ambas as atividades acarretam prejuízos ao desempenho escolar. Esses adolescentes têm pouco tempo para o lazer. As sanções por reciprocidade foram as mais escolhidas. Entretanto, a opção por esse tipo de sanção deve-se mais a uma descrença na eficácia do castigo que a uma crença no poder educativo do diálogo.
Abstract This study investigated the daily lives of adolescents from low-income families, particularly those adolescents who look after their siblings, and the adolescents’ conceptions of retributive justice. Twenty adolescents, from 12 to 16 years of age, participated. The instruments were: a record of socio-demographic data, a family genogram, an interview about daily life, and vignettes about retributive justice. The data were content analyzed, and the results indicated that male adolescents were as likely as female adolescents to be involved in care activities although females were more likely to do domestic chores. Both activities were prejudicial to their school performance. These adolescents had little free time. Sanctions of reciprocity were most often chosen; however the choice of this type of sanction seemed more likely to involve disbelief in the efficacy of punishment than a belief in the educative power of dialog.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15586
Arquivos Descrição Formato
000684581.pdf (1.916Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.