Repositório Digital

A- A A+

Estratégias competitivas e desempenho econômico : o caso da indústria automobilística brasileira de 1986 a 2007

.

Estratégias competitivas e desempenho econômico : o caso da indústria automobilística brasileira de 1986 a 2007

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias competitivas e desempenho econômico : o caso da indústria automobilística brasileira de 1986 a 2007
Autor Costa, Rodrigo Morem da
Orientador Henkin, Helio
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Competitividade
Desempenho
Estratégia competitiva
Indústria automobilística
[en] Brazilian automobile industry
[en] Firm’s strategy
[en] Pattern of sectoral competition
Resumo A partir dos anos de 1990, a indústria automobilística brasileira vem experimentando um intenso processo de reestruturação induzida pela intensificação da concorrência no mercado de automóveis em âmbito mundial, expansão da produção para as economias emergentes e mudanças institucionais na economia do país em decorrência da abertura comercial, da estabilização e da alteração do regime cambial. Partindo da hipótese de que as estratégias empresariais devem se adequar ao ambiente de concorrência, o objetivo da dissertação foi o de estudar como ocorreu a adaptação das estratégias das montadoras da indústria automobilística no Brasil e o seu desempenho econômico resultante. Para alcançar o objetivo foi estudada a indústria automobilística em âmbitos mundial e nacional, assim como as mudanças institucionais ocorridas no Brasil, no período 1986-2007. O referencial teórico utilizado para fundamentar a análise está baseado na Teoria Evolucionista, no Paradigma Eclético e em diferentes visões sobre Economia Institucional. Os dados utilizados na análise foram obtidos através das estatísticas publicadas por diversas fontes e em estudos realizados por diferentes autores. Pela análise efetuada foi possível concluir que a adaptação das estratégias ao padrão de concorrência é fundamental para o desempenho econômico. No Brasil, isto passa pela oferta em diversos segmentos de mercado a preços competitivos com destaque para o de ‘carros populares’, adoção de motores flex fuel, acompanhamento das principais inovações tecnológicas introduzidas, organização da produção em condomínios industriais e elevado esforço de vendas. As montadoras que souberam entender e se adaptar a esses requisitos do ambiente de concorrência brasileiro conseguiram obter um desempenho competitivo superior em relação às demais.
Abstract From the 1990s, the Brazilian auto industry is experiencing an intense restructuring process induced by fierce competition in the world market for cars, expansion of the production to the emerging economies and institutional changes in the country’s economy due to trade liberalization, economic stabilization and change of the exchange rate regime. Starting from the assumption that business strategies must fit to the selection environment, the goal of the dissertation is to study how the automakers in Brazil had adapted their competitive strategies and what was the resulting economic performance. To achieve that goal this work has studied the world and national auto industry, as well as the institutional changes occurring in Brazil in the period 1986- 2007. The theoretical framework used to support the analysis is based on the Evolutionary Theory, on the Eclectic Paradigm and on the different visions on Institutional Economics. The data used in the analysis were obtained through the statistics published by various sources and in studies conducted by different authors. By the analysis performed it was possible to conclude that the adaptation of strategies to the competition pattern is crucial to the economic performance. In Brazil, that adaptation passes through the supply in various segments of the market at competitive prices with emphasis on the 'popular car', adoption of flex fuel engines, adoption of key technological innovations introduced, organization of production in industrial condominiums and high sales effort. The automakers who have been able to understand and to adapt to these requirements of the Brazilian competition environment, have managed to obtain a competitive performance higher than others competitors.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15631
Arquivos Descrição Formato
000684054.pdf (2.459Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.