Repositório Digital

A- A A+

Sempre mais acima, sempre mais além : pensamentos e práticas de gênero na Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul em Porto Alegre ao longo das décadas de 1940 a 1970

.

Sempre mais acima, sempre mais além : pensamentos e práticas de gênero na Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul em Porto Alegre ao longo das décadas de 1940 a 1970

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sempre mais acima, sempre mais além : pensamentos e práticas de gênero na Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul em Porto Alegre ao longo das décadas de 1940 a 1970
Autor Petró, Camila Albani
Orientador Pinto, Celi Regina Jardim
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Academia Literaria Feminina do Rio Grande do Sul
Atenéia (Revista)
Gênero
Intelectuais
Literatura feminina
Mulher escritora
Porto Alegre (RS)
[en] Gender
[en] Literature
[en] Women
[en] Writers
Resumo O presente trabalho tem como objeto a Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul (ALFRS), fundada em Porto Alegre no ano de 1943, e que segue em atividade na cidade até os dias de hoje (2016). Esta dissertação teve como questionamento central quais os pensamentos e práticas permeadas por gênero constituíram esta instituição de letras feminina, bem como suas transformações, ao longo das décadas de 1940 a 1970 em Porto Alegre. O recorte temporal abarcou o período da criação da ALFRS e seus trinta anos iniciais, englobando nas fontes utilizadas as Atas da instituição, de 1943 a 1973, seus estatutos, e a revista Atenéia, que circulou de 1949 a 1972. Através da categoria gênero, teve como horizonte rastrear quais discursos a transpassaram, seja internamente, através de suas Atas, seja externamente, por meio dos editoriais de sua revista. Primeiro, analisou-se os porquês da sua criação, para compreender como se estruturou esta academia de letras exclusivamente de mulheres e quais foram suas características iniciais, além das informações gerais do periódico, que foi o órgão de intercâmbio cultural e de defesa dos interesses da ALFRS. Posteriormente, três perspectivas orientaram a estrutura da narrativa: a “Academia para dentro” (estabelecimento, organização e transformações de práticas e posicionamentos da ALFRS internamente ao longo de suas três décadas iniciais – 1943-1973); “de fora para dentro da Academia” (temas e finalidades da ALFRS levados ao público externo nos editoriais de Atenéia) e, por fim, “de fora para dentro da Academia e vice-versa” (sentidos políticos de uma escrita aparentemente descomprometida nos editoriais de Atenéia).
Abstract This study has as an object the Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul (ALFRS), founded in Porto Alegre by the year of 1943, being still in activity in the city until the present day (2016). This dissertation has as a main question to understand what were the thoughts and practices permead by gender constituted this feminine literary institution, as well as, its transformation from the 1940s to 1970s in Porto Alegre. The time frame clipping has embraced the ALFRS creation period and its first thirty initial years, encompassing the Institution meeting minutes in the sources used in this study from 1943 to 1973, its bylaws, and the Atenéia magazine, that had been published from 1949 to 1972. Through the category of gender, this study has had as an outlook to track back which speeches permeated the Academy, either internally, through its meetings minutes, or externally, by means of its magazine editorials. Initially, the reasons of its creation were examined, to understand how this women uniquely literary academy was structured and what were its first initial characteristics, further the journal general informations, which was the cultural cooperation executive body and acted in the ALFRS interests defence. Afterward, three perspectives guided the narrative structure: the “inward academy” (establishment, organization and ALFRS internally practices transformations and placements over the course of its first three decades – 1943-1973); “the outside in academy” (ALFRS themes and purposes taken to the external public by the editorials of Atenéia) and, finally, “from the outside in Academy to inward Academy and vice versa” (political senses from an apparently non-committal writing in the editorials of Atenéia).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/156366
Arquivos Descrição Formato
001015746.pdf (2.852Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.