Repositório Digital

A- A A+

Modelagem de sistemas de informação na internet como sistemas de workflow sobre documentos estruturados

.

Modelagem de sistemas de informação na internet como sistemas de workflow sobre documentos estruturados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelagem de sistemas de informação na internet como sistemas de workflow sobre documentos estruturados
Outro título Internet information systems modelling how workflow systems witch structured documents
Autor Weinfurter, Maristela Regina
Orientador Price, Roberto Tom
Data 2001
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Hiperdocumento
Internet
Sistemas : Informação
[en] Hyperdocument
[en] Metamodel
[en] Modelling
[en] UML
[en] Web information systems
[en] Workflow
Resumo A construção de aplicações Web é algo complexo, pois envolve requisitos não previstos na modelagem de sistemas convencionais. O ambiente Web agrega características como: navegabilidade, estruturação de hiperdocumentos, workflow, acessibilidade, escalabilidade, usabilidade, compatibilidade, interoperabilidade, segurança, aspectos culturais, entre outros. O presente trabalho propõe que a modelagem de sistemas de informação na Internet incorpore características existentes na modelagem de sistemas de gerência de workflow manipulando hiperdocumentos. A notação utilizada é uma extensão à notação da UML (Unified Modeling Language). Esta consiste de novos estereótipos que modelem hiperdocumentos e sistemas de gerência de workflow em sistemas de informação na Web. A extensão propõe a utilização de diagrama de atividades estendido para modelar o workflow de atividades, o qual manipula hiperdocumentos envolvidos no domínio de uma aplicação Web. Os hiperdocumentos são modelados através de diagramas de estrutura de documentos, que são derivados do diagrama de classes da UML. A navegabilidade dos documentos é desenhada através dos diagramas de contexto de navegação e restrições de acessos de em casos de uso. Finalizando a modelagem, o diagrama de estrutura de documentos recebe todas as características dinâmicas, estáticas e de ligação que são modeladas através dos diagramas estendidos bem como pelos diagramas comportamentais e estáticos da UML. A modelagem segue a notação da UML, sendo sugerido que numa primeira etapa, modele-se os hiperdocumentos e sua estruturação preliminar. Na seqüência, com auxílio do diagrama de casos de uso, modela-se o fluxo de atividades através do diagrama de atividades estendido. Após este levantamento, tanto de documentos quanto de atividades envolvidas no domínio da aplicação, modela-se o contexto de navegação e restrições em acessos de casos de uso, que evidenciam os componentes de ligação necessários à navegabilidade entre os hiperdocumentos. Através da extensão proposta à notação da UML, que considera aspectos de workflow, estruturação de hiperdocumentos e navegabilidade, as fases de projeto e implementação de software, sofrem menos alterações e interferências de adaptação às características das ferramentas de implementação para este novo ambiente.
Abstract Implementation of Web applications is a complex task since it involves requirements not previously accounted for modelling conventional systems. The Web environment possesses characteristics such as ease of navigation, hyperdocument structuring, workflow, access and scale facilities, usability, compatibility and interoperability, safety and cultural aspects amongst others. The present work proposes that modelling of information systems in the Internet incorporate the existing characteristics of modelling workflow management systems to handle structured hyperdocuments. The notation used is an extension to the UML (Unified Modelling Language) notation, which consists in new stereotypes for hyperdocument modelling and incorporated workflow in information systems. The extension proposes use of the extended diagram of activities to model the activity workflow which will handle the hyperdocuments involved in the domain of a Web application. The hyperdocuments will be modelled using diagrams of document structure, which are derived from the UML class diagrams. The navigation of documents is designed using the surfing context diagrams and access restriction associated to the use cases. Modelling is finalised by adding to the document structure all the dynamic, static and link characteristics which are modelled though the extended diagrams, as far as the behaviour and static diagrams of the UML. The modelling procedure follows the UML notation, being suggested that, in a first step, the modelling of a preliminary document structuring. In sequence, using the diagram of use cases, the activity flow is modelled by using the extended diagram of activities. After the research procedures associated to documents and activities related to the application domain, the surfing contexts and access restrictions of the use cases are modelled to evince the link components necessary to the navigation amongst documents. The use of the proposed extension to the UML notation, which accounts for workflow aspects, hyperdocument structuring and its navigation, will lead to less changes of the project development and software implementation to account for the characteristics of the implementation tools for this new environment.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15646
Arquivos Descrição Formato
000687983.pdf (680.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.