Repositório Digital

A- A A+

Enxertos ósseos : uma alternativa no tratamento de animais de companhia

.

Enxertos ósseos : uma alternativa no tratamento de animais de companhia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Enxertos ósseos : uma alternativa no tratamento de animais de companhia
Autor Machado, Henrique Nunes
Orientador Alievi, Marcelo Meller
Co-orientador Schuster, Lucas Antonio Heinen
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Animais de companhia
Cirurgia ortopedica : Tecnicas
Composição estrutural
Enxerto osseo
Ortopedia animal
Transplante ósseo
Resumo Restaurar a integridade esquelética e a regeneração do tecido ósseo ainda é um desafio significativo. A enxertia óssea tem sido utilizada para reparos ortopédicos em cirurgia humana e veterinária por várias décadas e está em busca de novas abordagens para aprimorar a cicatrização óssea. Os enxertos ósseos são transplantes ósseos que podem ser classificados de acordo com a sua composição estrutural (esponjoso, cortical ou corticoesponjoso), origem (autógenos, alógenos ou xenógenos), método de conservação (fresco, congelado, liofilizado, desmineralizado, em mel, em glicerina ou em óxido de etileno) e forma de apresentação (em pó, gel, grânulos, tiras, blocos ou maciço). Cada um dos tipos e classificações de enxerto tem suas vantagens e desvantagens. Encontrar novos instrumentos e novos locais para a colheita de enxerto são as principais preocupações dos pesquisadores, a fim de reduzir as morbidades do sítio doador em enxertos autógenos, enquanto a procura de agentes que estimulem a osteoindução dos enxertos alógenos é a principal preocupação em relação a esses materiais de enxerto. Relacionar estes principais elementos que envolvem os enxertos ósseos com seu emprego no campo da cirurgia ortopédica em animais de companhia é o principal objetivo desta revisão.
Abstract Restoring the bone integrity and bone tissue regeneration is still a significant challenge. Bone grafting has been used to orthopedic repairs in human and veterinary surgery for several decades and is in search of new approaches to improve the bone healing. Bone grafts are bone transplants that may be classified according to their structural composition (cancellous, cortical or corticocancellous), origin (autogenous, allogeneic or xenogene), conservation method (fresh, frozen, lyophilized, demineralized, in honey, in glycerin or in ethylene oxide) and presentation form (in powder, gel, granules, strips, blocks or massive). Each one of the graft types and classifications has their advantages and disadvantages. Find new tools and new places for the graft harvest are the researchers’ main concerns in order to reduce the morbidities of the donor site in autogenous grafts, while the search for agents that stimulate the osteoinduction of allogeneic grafts is the main concern related to these graft materials. Relating the main elements that involve bone grafts to their use in the field of orthopedic surgery in companion animals is the main objective of this review.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/156558
Arquivos Descrição Formato
001013858.pdf (363.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.