Repositório Digital

A- A A+

Semiologia do canal auditivo em cães e gatos: revisão de literatura

.

Semiologia do canal auditivo em cães e gatos: revisão de literatura

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Semiologia do canal auditivo em cães e gatos: revisão de literatura
Autor Azevedo, Renata Schons de
Orientador Gerardi, Daniel Guimarães
Co-orientador Vidor, Silvana B.
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Gatos
Ouvido
Semiologia veterinaria : Caes
[en] Auditory semiology
[en] Diagnosis
[en] Ear of dogs and cats
Resumo No atendimento de cães e gatos, é diagnosticado, rotineiramente, um percentual correspondente entre 10 a 20% de afecções otológicas. Analisando esse percentual, é notório o importante estudo desse sistema, visando adquirir um amplo conhecimento, desde a revisão anatômica, semiológica até sua fisiopatogenia (GIUFFRIDA, LUCAS, 2008). O diagnóstico das doenças da orelha é baseado nas evidências clínicas apresentadas nos exames semiológicos. Através da inspeção direta é possível detectar sinais óbvios de alterações otológicas, ainda na sala de espera, não é incomum observarmos os meneios de cabeça ou as manifestações de prurido. Assim como, na inspeção indireta, utilizando um otoscópio, é possível avaliar toda a extensão do conduto auditivo e visualizar estruturas normais e patológicas da orelha. Doenças da orelha, como otites, presença de parasitos, inflamação, pólipos, corpos estranhos são facilmente visíveis através da otoscopia ou videotoscopia (GIUFFRIDA, LUCAS, 2008). Através da radiografia fica viável a observação de estruturas ósseas, onde há conexão entre a cartilagem anular e a bulha timpânica, ficando evidente o diagnóstico de otite média, com perfuração da membrana timpânica ou não. As situações patológicas, no qual há área de osteólise e proliferação óssea também são de extrema importância na avaliação semiológica pela radiografia (HARVEY, 2004) A citologia abrange uma avaliação cuidadosa desde a coleta e preparo das amostras até o diagnóstico de diversas patologias. A tomografia e a ressonância magnética são importantes para avaliação das doenças da orelha, porém o uso se torna muito limitado de ordem prática e financeira, pois são equipamentos tecnológicos caros e de difícil acesso nas clínicas veterinárias e hospitais. O presente trabalho aborda uma revisão do estudo da semiologia da orelha de cães e gatos e seus principais exames e meios práticos para obter um diagnóstico correto e eficaz para as doenças da orelha.
Abstract In dog and cat care, a corresponding percentage of 10 to 20% of ear diseases is routinely diagnosed. Analyzing this percentage, it’s notable the important study of this system, aiming at acquiring a wide knowledge, from the anatomical, semiologic revision to it’s pathophysiology (GIUFFRIDA, LUCAS, 2008). The diagnosis of ear diseases is based on the clinical evidence presented in the semiological exams. Through direct inspection it’s possible to detect obvious signs of otological alterations, even in the waiting room; isn’t uncommon to observe the nodal movements or manifestations of pruritus. As with indirect inspection using an otoscope, it’s possible to evaluate the entire length of the auditory canal and to visualize normal and pathological structures of the ear. Ear diseases such as otitis, presence of parasites, inflammation, polyps, and foreign bodies are easily visible through otoscopy or videotaping (GIUFFRIDA, LUCAS, 2008) Through radiography, it is possible to observe bone structures, where there is a connection between the annular cartilage and the tympanic bulla. The diagnosis of otitis media, with perforation of the tympanic membrane or not, is evident. Pathological situations, in which there is an area of osteolysis and bone proliferation, are also extremely important in the semiologic evaluation by radiography (HARVEY, 2004). The cytology includes a careful evaluation from the collection and preparation of the samples until the diagnosis of several pathologies. CT and magnetic resonance imaging are important for evaluating ear diseases, but their use becomes very limited in the practical and financial sense, since they are expensive and difficult to access technological equipment in veterinary clinics and hospitals.In this thesis addresses a review of the study of the semiology of the ear of dogs and cats and their main exams and practical means to obtain a correct and effective diagnosis for diseases of the ear.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/156569
Arquivos Descrição Formato
001014153.pdf (692.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.