Repositório Digital

A- A A+

Controles deposicionais e diagenéticos sobre a porosidade dos reservatórios líticos do pré-sal da Bacia de Sergipe-Alagoas, nordeste do Brasil

.

Controles deposicionais e diagenéticos sobre a porosidade dos reservatórios líticos do pré-sal da Bacia de Sergipe-Alagoas, nordeste do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Controles deposicionais e diagenéticos sobre a porosidade dos reservatórios líticos do pré-sal da Bacia de Sergipe-Alagoas, nordeste do Brasil
Autor Altenhofen, Sabrina Danni
Orientador De Ros, Luiz Fernando
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Pré-sal
Sergipe-Alagoas, Bacia sedimentar de (SE e AL)
Resumo A cimentação por dolomita e a compactação mecânica são os principais parâmetros que controlam a porosidade e a permeabilidade dos arenitos e conglomerados líticos que constituem os complexos reservatórios do Membro Carmópolis, Formação Muribeca (Aptiano) da Bacia de Sergipe-Alagoas, NE Brasil. Os padrões e distribuição dos processos diagenéticos foram analisados em 135 lâminas delgadas em relação às fácies deposicionais e ao arcabouço estratigráfico. Integrar os padrões diagenéticos aos principais aspectos deposicionais é de grande importância para a compreensão da distribuição da qualidade e heterogeneidade nestes incomuns, mas importantes reservatórios. A sucessão foi depositada em uma complexa intercalação de ambientes de leques deltaicos, leques aluviais, deltas entrelaçados e lagos. Os principais processos diagenéticos afetaram as amostras analisadas antes da compactação, devido a fluídos termobáricos ascendentes. Vinte petrofácies de reservatório foram definidas de acordo com os principais aspectos de textura e composição primárias, e os principais processos diagenéticos que afetaram a porosidade, e agrupados em associações de petrofácies de boa, média e baixa qualidade A distribuição das petrofácies e associações de petrofácies nas associações de fácies deposicionais de leques aluviais, planície aluvial e de ambiente lacustre nem sempre é sistematicamente correlacionável entre os poços analisados. Na associação de fácies de leque aluvial, as associações de petrofácies de boa qualidade e de baixa qualidade ocorrem em proporções semelhantes. Nas fácies deposicionais de planície aluvial, existe uma predominância da associação de petrofácies de baixa qualidade. A associação de fácies lacustre mostra uma distribuição altamente variável das petrofácies de reservatório nos poços analisados, com quantidade variável de cimento carbonático. Esses resultados revelam uma evolução diagenética heterogênea que se superpôs à complexa faciologia deposicional e estratigrafia desses reservatórios.
Abstract Dolomite cementation and mechanical compaction are the main parameters controlling porosity and permeability in the complex lithic reservoir sandstones and conglomerates of the Carmópolis Member from the Muribeca Formation (Aptian) of Sergipe-Alagoas Basin, NE Brazil. The patterns and distribution of the diagenetic processes were analyzed in 135 thin sections in relation to the depositional facies and the sequence-stratigraphic framework. Linking the main diagenetic patterns to the major depositional aspects is of great importance for understanding the distribution of quality and heterogeneity in these unusual but important reservoirs. The succession was deposited in a complex intercalation of fan-deltaic, alluvial fan, braided deltaic and lacustrine environments. The main diagenetic processes affected the analyzed samples before compaction, due to ascending thermobaric fluids. Twenty reservoir petrofacies were defined according to the main primary textural and compositional aspects and major diagenetic processes affecting porosity, and grouped into good, medium and low quality petrofacies associations The distribution of the petrofacies and petrofacies association in the alluvial fan, alluvial plain and lacustrine depositional facies associations is not always systematically correlatable among the analyzed wells. In the alluvial fan facies association, both good and low quality petrofacies associations occur, in similar proportions. In the alluvial plain depositional facies, there is a predominance of the low quality petrofacies association. The lacustrine depositional facies association shows a highly variable distribution of reservoir petrofacies in the analyzed wells, with variable amount of carbonate cement. These results reveal the heterogeneous diagenetic evolution that was superimposed to the complex depositional facies and stratigraphy of these reservoirs.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/156580
Arquivos Descrição Formato
001017847.pdf (4.888Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.