Repositório Digital

A- A A+

Spatial distribution of galactic globular clusters : distance uncertainties and dynamical effects

.

Spatial distribution of galactic globular clusters : distance uncertainties and dynamical effects

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Spatial distribution of galactic globular clusters : distance uncertainties and dynamical effects
Autor Souza, Juliana Crestani Ribeiro de
Orientador Bica, Eduardo Luiz Damiani
Co-orientador Bonatto, Charles Jose
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física. Programa de Pós-Graduação em Física.
Assunto Aglomerados globulares
Formacao de galaxias
[en] Galaxy: fundamental parameters
[en] Galaxy: kinematics and dynamics
[en] Globular clusters: general
Abstract We provide a sample of 170 Galactic Globular Clusters (GCs) and analyse its spatial distribution properties. Using a comprehensive dust cloud catalogue, we list the GCs that are behind one or more identified dust clouds and could be subjected to a more complex extinction curve than extinction catalogues consider. Distance uncertainty values are gathered from recent literature and compared to values derived from an error propagation formula. GCs are grouped according to unusual characteristics, such as relatively young age or possible connection to dwarf galaxy nuclei, so that their effect on the general distribution can be isolated. Additionally, we compute the centroid of the GC distribution and study how it relates to the distance to the centre of the Galaxy. Considering that galactic formation via monolithic collapse is expected to be symmetrical, we probe asymmetries and how distance uncertainty values modify them. Spatial velocities and a Galactic potential are used to verify if any asymmetries in the spatial distribution are due to co-moving objects, or if they are merely transient effects.
Resumo Fornecemos uma amostra de 170 Aglomerados Globulares Galácticos (GCs) e analisamos as propriedades de sua distribuição espacial. Utilizando um vasto catálogo de nuvens escuras identificadas, listamos os GCs que estão atrás de uma ou mais delas e que podem estar submetidos a uma extinção mais complexa do que a considerada por mapas de extinção. Valores de incerteza em distância são obtidos da literatura recente e comparados com valores derivados de uma fórmula de propagação de erro. GCs são agrupados de acordo com características inusitadas, tais como idades relativamente jovens ou possível conexão com núcleos de galáxias anãs, de forma que o efeito desses grupos pode ser isolado na distribuição espacial geral. Adicionalmente, computamos o centróide da distribuição de GCs e estudamos como esse se relaciona com a distância ao centro da Galáxia. Considerando que uma formação galáctica via colapso monolítico é supostamente simétrica, investigamos assimetrias e como os valores de incerteza das distâncias as modificam. Velocidades espaciais e um potencial Galáctico são empregados para verificar se quaisquer assimetrias na distribuição espacial são devidas a objetos em movimento coerente, ou se são somente efeitos transientes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/156776
Arquivos Descrição Formato
001015847.pdf (3.426Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.