Repositório Digital

A- A A+

As crenças de autoeficácia dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental para ensinar música

.

As crenças de autoeficácia dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental para ensinar música

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As crenças de autoeficácia dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental para ensinar música
Autor Werner, Aline Seligson
Orientador Hentschke, Liane
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Anos iniciais
Ensino
Ensino fundamental
Motivação
Música
Professor
[en] Elementary school teachers
[en] Motivation
[en] teaching of music
Resumo O ensino de música nos anos iniciais do ensino fundamental pode ser ministrado por professores pedagogos, por profissionais formados pelo curso normal e por licenciados em música. Esta pluralidade de profissionais habilitados para o ensino de música é assegurada por documentos governamentais. Professores não especializados, no entanto, não recebem uma formação musical adequada e acabam não se sentindo seguros para ministrar o conteúdo de música na escola. Desta forma, as instituições escolares acabam optando por contratar profissionais especializados. No entanto, não há conhecimento da quantidade destes profissionais atuantes nos anos iniciais do ensino fundamental bem como o quão eficazes eles se sentem para a docência da música. Portanto, o objetivo deste trabalho, foi investigar, em âmbito nacional, as crenças de autoeficácia dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental para ensinar música. Esta pesquisa foi fundamentada na Teoria de Autoeficácia (BANDURA, 1997), a partir do constructo principal, as crenças de autoeficácia. As crenças de autoeficácia são os julgamentos das capacidades que organizam as ações para atingir determinados objetivos. Esta pesquisa é um recorte do mapeamento realizado pelo grupo de pesquisa FAPROM e coordenado pela Profª Drª. Liane Hentschke. O método utilizado, de caráter quantitativo, foi o survey baseado na internet com técnica na modalidade bola de neve. Participaram desta pesquisa 274 professores de todas as regiões do país. Os dados foram coletados por meio de um questionário divido em duas partes: a primeira, com questões pessoais e a segunda parte, um instrumento de avaliação psicológica, ambas analisadas através de técnicas estatísticas. Estes dados fornecem indícios de maior número de homens licenciados em música atuando nesta etapa apesar da predominância de mulheres apresentada na pesquisa. Mostram também que os professores do sexo feminino atuam há mais tempo na educação básica com ensino de música e que elas apresentam crenças de autoeficácia mais fortalecidas. Os resultados indicaram que professores não especializados se sentem mais preparados e capazes em gerenciar o comportamento dos alunos em sala de aula. Por meio dos dados desta pesquisa, foi possível obter mais informações sobre os professores dos anos iniciais do ensino fundamental que ensinam música e, assim, espera-se contribuir para o debate relacionado à formação inicial e continuada destes profissionais.
Abstract Music at elementary school can be taught by non-specialist and specialist teachers. This plurality of teachers qualified for music teaching is ensured by Brazilian governmental documents. Non-specialist teachers, however, do not receive adequate musical training and end up not feeling secure to teach music content at school. In this way, schools choose to hire specialized professionals. However, there is no knowledge about the amount of such professionals present in elementary school and how competent they feel for a teaching music. The aim of this study was to investigate, at a national level, elementary school teachers' self-efficacy beliefs to teach music. This research was based on the Self-Efficacy Theory (BANDURA, 1997) from the main construct, as self-efficacy beliefs. The self-efficacy beliefs are the judgments of the capacities that organize the actions to achieve goals. The method used for the quantitative characterization was the survey based on internet with the snowball technique. A sample of 274 teachers from all regions of the country participated in this study. The data were collected thought a questionnaire divided into two parts: First, with personal questions and the second part being an instrument of psychological evaluation. These data provide evidences of a greater number of men graduated in music working at elementary school than women presented in the survey. They also show that female teachers spend more time in basic education teaching music and that they have stronger self-efficacy beliefs. The results indicate that teachers do not specialize and feel more prepared to act towards the behavior of students in the classroom. Through the data of this research, it was possible to obtain more information about the teachers from the initial years of elementary school who teach music and, thus, contribute to the debate about the initial and continuous formation of these professionals.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/156912
Arquivos Descrição Formato
001017851.pdf (4.227Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.