Repositório Digital

A- A A+

“Like a shroud upon [the] senses” : O avassalador "Metzengerstein", de Edgar Allan Poe

.

“Like a shroud upon [the] senses” : O avassalador "Metzengerstein", de Edgar Allan Poe

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título “Like a shroud upon [the] senses” : O avassalador "Metzengerstein", de Edgar Allan Poe
Autor Cardozo, Camila Nascimento
Orientador Maggio, Sandra Sirangelo
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Português e Inglês: Licenciatura.
Assunto Ansiedade
Fantástico
Literatura norte-americana : Conto
Melancolia
Poe, Edgar Allan, 1809-1849. Metzengerstein : Crítica e interpretação
[en] Extraordinary
[en] Images
[en] Melancholy
Resumo O presente trabalho tem por objetivo analisar “Metzengerstein”, o primeiro conto publicado por Edgar Allan Poe, que também se dedicou à poesia, à crítica literária e a algumas reflexões sobre sua técnica singular de escrita, que se tornou referência não só nos Estados Unidos, mas também para autores europeus como Charles Baudelaire, com sua poética melancólica, como Conan Doyle, com as narrativas de investigação a partir da lógica, e também para as Literaturas de nossa língua, representadas por Fernando Pessoa, em Portugal, e Machado de Assis, no Brasil. Parto do pressuposto de que a poesia e a ficção de Poe fazem deste um dos nomes mais importantes das Literaturas de Língua Inglesa, em parte devido à melancolia, que se desenvolve ao longo de toda a sua carreira literária, em parte pelo mistério, efeito tornado sedutor pela curiosidade e ao mesmo tempo repugnante pelo medo, inquietando a mente e o coração. Analisarei algumas marcas de “Metzengerstein”, este conto impactante pela intensidade dos acontecimentos e das imagens, procurando verificar a existência de características que permanecerão em seu estilo em contos posteriores, bem como as marcas singulares deste período ainda pouco maduro em suas narrativas, pois até então Poe se ocupava somente dos poemas. Poe é o precursor dos contos de suspense e mistério como os conhecemos hoje. A riqueza de seu trabalho justifica o interesse dos estudiosos de Literatura até nossos dias, quando ainda há muito a ser descoberto sobre o maior expoente da Literatura gótica nos Estados Unidos e um dos maiores do mundo – corroborando a opinião de Baudelaire, a quem recorro para buscar algumas respostas para minha pesquisa A motivação para desenvolver este trabalho surgiu, em parte, pelo efeito de ansiedade que se abateu sobre mim ao ler o referido conto, em contraste com outros contos de Poe, cuja ansiedade geralmente é suavizada, a meu ver, por certo lirismo. Para esta pesquisa, investigarei as fontes germânicas associadas a Poe, como ele mesmo assume e muitos críticos enfatizam. Tão importante quanto essas fontes será a pesquisa sobre a vida do autor, que de algum modo parece escrever sobre si mesmo nesta e em outras histórias. Posteriormente, analisarei algumas imagens inseridas no conto, principalmente aquelas pertencentes ao universo do Fantástico, destacando as que evocam o poder da destruição, pois este é um conto no qual os personagens poderosos do contexto diegético são aqueles que desaparecem brutalmente, sem deixar vestígios. Por fim, procurarei respostas racionais para este conto que tem tantos silêncios, como o da figura da mãe, por exemplo. As teorias desenvolvidas por Todorov, Freud e Bachelard me auxiliarão na organização de possíveis interpretações para o extraordinário. Como resultado, espero identificar as causas da carga tão intensa de “Metzengerstein” para uma leitora habituada aos clássicos de Poe, mas pouco exposta a contos deste mesmo autor que não se apresentam com tanta frequência para o público, quase dois séculos após sua criação.
Abstract This work aims at analyzing “Metzengerstein”, the first tale published by Edgar Allan Poe, an author also devoted to poetry, literary criticism and some reflections on his own writing technique. Poe became a reference not only in the United States, but also for European authors like Charles Baudelaire, in his melancholic poetics, and Conan Doyle, in the investigation narratives based on logics. In addition, Poe inspired Literature in our language, represented by the Portuguese poet Fernando Pessoa and the Brazilian novelist Machado de Assis. I assume that Poe’s poetry and fiction has made him one of the most important names in English language Literature, partly because of his melancholy, developed throughout his career, partly because of mystery, the seductive effect caused by curiosity. However, it is also repugnant because of fear, disturbing our minds and hearts. In this monograph I analyze some aspects of “Metzengerstein”, this short story which is very shocking due to its overwhelming events and images, to verify which characteristics will remain in his style when writing other stories, and which will change, since, hitherto, Poe had written only poems. He is the precursor of thrillers such as we know them, and his magnificent work explains the interest awaken by Literary researchers even in our times There is much to be studied about the greatest Gothic writer in the United States, and one of the greatest in the world – in agreement with Baudelaire, whom I include in my research in order to seek answers to my questions. The reason why I decided to study “Metzengerstein” is the anxiety that dominated my mind when I first read this tale, differently from other later texts by Poe, whose anxiety is often softened, in my point of view, by a certain level of lyricism. In this research, I will investigate the German sources associated to Poe, as the writer himself admitted and many critics have emphasized. Studying about Poe’s life is also important, because he seems to write about himself there and in many other stories. I will analyze some images presented within the narrative, mainly those which emphasize its Fantastic aspects, and reinforce the destructive power in the story. The most powerful characters are the ones who disappear brutally, leaving with no trace. Finally, I will seek sensible answers for this silent and mysterious tale, like the meaning of the mother figure, for instance. Todorov, Freud and Bachelard will help me to elaborate interpretations about the extraordinary. As a result, I expect to identify the reasons for the intense impact of “Metzengerstein”, for a reader of Poe’s classics, whose less famous tales sound unfamiliar, less than two centuries after their creation.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/156936
Arquivos Descrição Formato
001016352.pdf (517.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.