Repositório Digital

A- A A+

Marta e o baú dos ladrões : a escritura de um livro de imagens

.

Marta e o baú dos ladrões : a escritura de um livro de imagens

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Marta e o baú dos ladrões : a escritura de um livro de imagens
Autor Goncalves, Rogerio Dias
Orientador Loponte, Luciana Gruppelli
Data 2008
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Pedagogia da Arte.
Assunto Arte
Ensino
Escrita
Resumo Uma oficina de criação de livro de imagens com crianças de ensino fundamental, alunos de escola federal, foi ponto de partida e objeto de observação para esta pesquisa. A entrevista resgatou memórias da vivência da oficina e por meio de uma escuta atenta às falas dos estudantes e também à narração da história por eles ilustrada, o estudo tenta promover um determinado olhar sobre as manifestações expressivas desses jovens. Pretende sugerir a realização de práticas pedagógicas diferenciadas, que respeitem o desejo do estudante e promovam a integração dos participantes na criação de um bem comum, bem simbólico afetivamente significativo. Aborda questões relativas às metodologias pedagógicas para o desenvolvimento dos hábitos da leitura e da escrita de imagens, com ênfase na compreensão da necessidade de apropriação e compreensão sobre os fenômenos da cultura em sua relação com a formação de leitores de textos e imagens. Compreende a Ilustração como fenômeno cultural no ocidente e ressalta sua relação com a aquisição da leitura, bem como destaca estudos sobre a ligação entre criação e leitura de textos e imagens e sobre o desenvolvimento de competência do sujeito leitor, além dos que tratam da inter-relação entre os temas da ilustração e da literatura. Percebe-se prevalência na preocupação dos pesquisadores em relação ao desenvolvimento da leitura de textos escritos, pondo o aprendizado sobre a leitura das imagens em nível mais básico no que diz respeito à leitura de mundo. Nota-se que a prática artística pode assumir as funções de libertar o sujeito leitor dos preconceitos estéticos e habilitar à experimentação estética, sendo capaz de favorecer o desenvolvimento de posições autônomas e críticas sustentáveis sobre os produtos das culturas, bem como conscientizar sobre as infinitas possibilidades e variantes que se interpõe no processo criativo.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/15703
Arquivos Descrição Formato
000689118.pdf (3.196Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.