Repositório Digital

A- A A+

Um modelo de simulação baseado em agentes para análise de cadeias de suprimento

.

Um modelo de simulação baseado em agentes para análise de cadeias de suprimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um modelo de simulação baseado em agentes para análise de cadeias de suprimento
Autor Ferreira, Luciano
Orientador Borenstein, Denis
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Administração da produção
Cadeia de suprimentos
Gestão de estoques
Sistemas multiagentes
[en] Multi-agent system
[en] Simulation
[en] Supply chain modeling
Resumo Uma cadeia de suprimentos é uma rede composta por fornecedores, plantas de manufatura, depósitos, centros de distribuição e varejistas através da qual matériasprimas são adquiridas, transformadas e entregue aos consumidores. A gestão de cadeias de suprimentos (do inglês, Supply Chain Management - SCM) envolve a tomada de decisão nos níveis estratégico, tático e operacional, cujo objetivo é otimizar o desempenho da cadeia . O desenvolvimento de modelos para a avaliação de cadeias de suprimento é uma boa alternativa para estudar a gestão da demanda por produtos, bem como para analisar a efetividade de políticas de gerenciamento. Sistemas multiagentes são apropriados para estudar cadeias de suprimento, pois as diferentes unidades de negócio envolvidas podem ser modeladas como agentes autônomos, assim como suas regras de gerenciamento. Além disso, a modelagem do fluxo de produtos e do fluxo de informações, tais como volume de pedidos e prazos de entrega de um elo da cadeia para outro é facilitada. A análise da literatura especializada da área demonstra que a maior parte dos estudos procura resolver problemas específicos e sem considerar agentes normativos interferindo no comportamento individual de cada ator da cadeia. Este trabalho procura contribuir com o estado da arte da área de gestão de cadeias de suprimento da seguinte forma: (1) propondo um modelo de simulação, composto por agentes genéricos que podem ser facilmente estendidos e utilizados e outros contextos de aplicação, e (2) propondo a utilização dos conceitos de agentes normativos no contexto de cadeias de suprimento. A união dessas áreas (SCM e sistemas multiagentes normativos) aumenta as possibilidades de modelagem de cadeias de suprimento, permitindo a inclusão de entidades externas que normalmente exercem influência na gestão, tais como órgãos do governo, agências reguladoras e instituições eletrônicas. A modelagem da cadeia do biodiesel é apresentada como estudo de caso; os principais resultados obtidos são apresentados e discutidos.
Abstract The supply chain is a network of suppliers, factories, warehouses, distribution centers, and retailers through which raw materials are acquired, transformed, and delivered to customers. Supply-chain management (SCM) is the strategic, tactical, and operational decision making that optimizes supply-chain performance. Modeling supply chain is a good way of studying order fulfillments processes and investigating the effectiveness of management policies. Multiagentes models are increasingly being used of this purpose. A multiagent model fits well with the task of simulation supply chain because the businesses involved can be modeled as agents, each with its own inventory rules. It is also easy to model the flow of products down the chain and the flow of information, such as order volumes and lead times, from one organization to another. The analysis of the relevant literature shows that most research works carried out in this area aim to resolve specific problems. Some methodologies and more generic solutions have been proposed, but without considering normative agents which may interfere in the behaviour of actors of the supply chain. This work aims to contribute with the state of the art in the SCM area as follows: (1) building a simulation model to the supply chain context, providing generic agents which may be easily extended and used in other application contexts, and (2) exploiting normative agents in the context of supply chain modeling. The integration of these areas (SCM and normative multi-agent systems) increases the possibilities of supply chain modeling, allowing the inclusion of external entities which normally influence management, such as governmental organizations, regulating agencies and electronic institutions, to give some examples. The modeling of the biodiesel supply chain is presented as a case study; the main results are presented and discussed.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15714
Arquivos Descrição Formato
000690113.pdf (3.424Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.