Repositório Digital

A- A A+

Os discursos sobre desenvolvimento como recursos político-estratégicos : o Banco Mundial como organização central no campo discursivo do desenvolvimento

.

Os discursos sobre desenvolvimento como recursos político-estratégicos : o Banco Mundial como organização central no campo discursivo do desenvolvimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os discursos sobre desenvolvimento como recursos político-estratégicos : o Banco Mundial como organização central no campo discursivo do desenvolvimento
Autor Faé, Rogério
Orientador Misoczky, Maria Ceci Araujo
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Análise do discurso
Crescimento econômico
Desenvolvimento econômico
Estratégias discursivas
Mercado internacional
Sustentabilidade
[en] Development
[en] Discursive strategies
[en] World bank
Resumo Esta tese tem por foco analisar a estratégia discursiva do Banco Mundial, caracterizado como organização central no campo discursivo do desenvolvimento, a qual dissemina formulações com vista à estabilização e crescimento do mercado em escala mundial. Com esse objetivo, e através da análise crítica de discurso, são examinadas as principais ações discursivas que, no período do imediato pós-guerra, buscaram promover o processo de industrialização e, ao categorizar as diversas nações entre desenvolvidas ou subdesenvolvidas, atribuíram às primeiras uma posição de modelo a ser seguido. Essa estratégia atingiu seu ápice com a defesa de Rostow, em 1961, da sociedade de consumo de massa como estágio último de desenvolvimento, com base em um processo evolutivo em que os diversos países somente se diferenciariam por uma questão temporal. Já as ações discursivas que ganharam forma nos países periféricos buscaram resistir à simples aceitação dos padrões formatados nos países centrais; primeiro, em defesa do nacionaldesenvolvimentismo e, a partir da identificação dos limites experimentados por essa estratégia, de um processo de desenvolvimento condicionado pela situação de dependência. A produção discursiva que teve por palco os países periféricos valorizou, também, uma análise influenciada pela produção teórica marxista que buscou dar visibilidade para os processos de apropriação de excedente com base em relações sócio-políticas. Essa ênfase ganhou novas variáveis através da teoria do sistema mundo, que atribuiu ao capitalismo um caráter monopólico com base em cadeias mercantis transnacionais. Nesse contexto, compreende-se a ação discursiva do Banco Mundial como resultado de uma lógica construída sob condições impostas pelos detentores dos meios de produção, objetivada sob premissas nacionais defendidas pelos países que primeiro se industrializaram, e constantemente reconstruída com vista à superação dos problemas que se apresentam à estabilização e disseminação dos mercados capitalistas e das pressões exercidas pelas ações discursivas que se contrapõem ao discurso dominante. Ao final, conclui-se que a posição assumida pelo Banco Mundial foi possível mediante uma estratégia de apropriação parcial de discursos específicos que emergiram em diversos contextos histórico-sociais e, posteriormente, através da produção de discursos originais que conferem maior coerência e força aos seus propósitos.
Abstract This work focuses on the analysis of the discursive strategy of the World Bank, characterized as a central point in the development discursive field. Such a strategy disseminates formulations aiming at stabilizing and growing the world market. With this purpose, and through the discourse critical analysis, it is examined the main discursive actions that, in the immediate Post-War period, aimed at promoting the industrialization process and, by dividing the world into developed and undeveloped nations, attributed to the first ones the position of a model to be followed. This strategy reached its top when Rostow, in 1961, defended the mass consumption society as the last development stage, on the basis of an evolutionary process which would be different in the several countries only in terms of temporal factors. On the other hand, the discursive actions produced in the peripheral countries aimed at resisting to merely accept the central countries' patterns; first, in the defense of the national-development; and, from the identification of the limits experienced by this strategy, of a development process conditioned by the dependence status. The discursive production practiced in the peripheral countries also valorized an analysis influenced by the Marxist theoretical production, whose objective was to make visible the surplus appropriation process based on sociopolitical relationships. New variables were added to this emphasis through the world system theory attributing to the capitalism a monopolistic feature based on transnational trade chains. In this context, the World Bank's discursive action is understood as a result of a logic constructed under conditions imposed by the owners of production means, based on national premises defended by the first industrialized countries, and constantly reconstructed to solve problems affecting the stabilization and dissemination of the capitalist markets and the pressures exerted by discursive action contrary to the dominant discourse. Finally, the assumed position the World Bank were possible by means of a partial appropriation strategy of specific discourses emerged in several historical-social contexts and, afterwards, by the production of original discourses that confer greater coherence and power to its purposes.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15715
Arquivos Descrição Formato
000690165.pdf (1.548Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.