Repositório Digital

A- A A+

Redundância funcional em comunidades campestres

.

Redundância funcional em comunidades campestres

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Redundância funcional em comunidades campestres
Outro título Functional redundancy in grassland plant communities
Autor Joner, Fernando
Orientador Pillar, Valerio de Patta
Co-orientador Muller, Sandra Cristina
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.
Assunto Ecossistema
Manejo do solo
Pastejo
Redundância funcional
[en] Ecosystem functioning
[en] Functional groups
[en] Grasslands
[en] Grazing
[en] Removal experiment
[en] Resistance
Resumo Os campos do Rio Grande do Sul apresentam grande biodiversidade, beleza cênica e um importante recurso para a economia do estado, cuja principal atividade é a pecuária. O manejo inadequado do campo traz conseqüências graves para a diversidade e sustentabilidade desse ecossistema através da perda de espécies promovida pelo pastejo excessivo. Entretanto, algumas espécies desempenham as mesmas funções nos ecossistemas, logo a perda de algumas espécies pode não afetar o seu funcionamento, pela compensação de outras espécies do mesmo grupo funcional. Esta redundância funcional aumentaria a confiabilidade do funcionamento do ecossistema quando perturbado, funcionando como um tipo de "seguro" contra a perda de espécies. A hipótese da redundância funcional foi avaliada em ecossistemas campestres através de um experimento de remoção no qual os tratamentos avaliados consistiram em: 1) remoção de duas espécies graminóides, 2) remoção de duas espécies herbáceas não-graminóides, 3) remoção de uma espécie de graminóide e uma herbácea não-graminóide e 4) sem remoção. As evidências indicam que existe redundância funcional para as espécies de plantas em ecossistemas campestres, pois a remoção de uma espécie de cada grupo funcional causou menos modificações na composição de espécies das comunidades que a remoção de duas espécies do mesmo grupo funcional. Observou-se também que a porcentagem da cobertura das espécies remanescentes tende a compensar a remoção de espécies do mesmo grupo funcional. Entretanto, os tratamentos não tiveram efeito para a biomassa aérea. A avaliação de um banco de dados de um experimento de pastejo realizado anteriormente revelou que a redundância funcional está positivamente relacionada com a resistência da comunidade ao pastejo, enquanto a riqueza de espécies não apresentou relação. Áreas de campo com maiores níveis de redundância funcional são mais resistentes ao pastejo, sofrendo menos modificações na composição de espécies de suas comunidades. Além disso, um manejo adequado não reduz os níveis de redundância funcional dos campos. Áreas de campo dentro de unidades de conservação deveriam ser manejas adequadamente mantendo os níveis de redundância funcional e a estabilidade deste ecossistema. Entretanto, novos estudos são necessários para avaliar a importância da redundância funcional em experimentos de longa duração.
Abstract Grasslands from Rio Grande do Sul present great biodiversity, scenic beauty and an important resource to the province economy, which main activity is cattle grazing. Inadequate pasture management brings serious consequences to ecosystem diversity and sustainability by the loss of species promoted by excessive grazing. Although, some species may role the same functions in ecosystems, therefore loss of some species may not affect functioning, due to species compensation within functional groups. This functional redundancy would increase ecosystem reliability when perturbations occur, working as an "insurance" to species loss. Functional redundancy hypothesis was evidenced in grassland plant communities through a removal experiment in which evaluated treatments were: 1) removal of two graminoid species, 2) removal of two forb species, 3) removal of one species of each functional group and 4) no removal (control). Evidences point to functional redundancy for grassland plant species; removal of one species of each functional group caused less harm to community species composition than removal of two species of the same functional group. Furthermore, remaining species percent covers tend to compensate removed species of the same functional group. However, treatments did not effected aboveground biomass. Data set evaluation of a previously conducted cattle-grazing experiment reveled that functional redundancy is positively related to community resistance to cattle grazing, otherwise species richness presented no relation. Grassland areas with higher levels of functional redundancy are more resistant to cattle grazing, suffering less modification in community species composition. Also, adequate management do not reduce functional redundancy on pastures. Grassland areas inside conservation units should be managed adequately maintaining redundancy levels and ecosystem reliability. Although, new studies are required to better evaluate functional redundancy implications in long term experiments.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15810
Arquivos Descrição Formato
000682376.pdf (6.714Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.