Repositório Digital

A- A A+

Raízes do Brasil e o ensaio histórico brasileiro : da história filosófica à síntese sociológica, 1836-1936

.

Raízes do Brasil e o ensaio histórico brasileiro : da história filosófica à síntese sociológica, 1836-1936

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Raízes do Brasil e o ensaio histórico brasileiro : da história filosófica à síntese sociológica, 1836-1936
Outro título Raízes do Brasil and the historical essay in Brazil : from philosophical history to sociological synthesis, 1836-1936
Autor Nicolazzi, Fernando Felizardo
Resumo Este artigo propõe uma análise da história da historiografia brasileira entre a década de 1830 e a de 1930, situando o livro de Sérgio Buarque de Holanda Raízes do Brasil (1936) na tradição dos ensaios de interpretação histórica que caracterizou as primeiras décadas do período republicano. Sugere-se a hipótese, pautada nos estudos de Arnaldo Momigliano e Reinhart Koselleck, de que entre as condições de emergência dessa tradição estão as relações entre a erudição crítica, definidora do método histórico, e a intenção sintética, característica da filosofia da história moderna. Nesse sentido, a partir de fontes variadas, o estudo segue o movimento que conduziu as reflexões sobre a história no Brasil, da vizinhança com a filosofia até as formas de aproximação com as ciências sociais, acompanhando a passagem do modelo da história filosófica para o da síntese sociológica, no qual podem ser inseridos os ensaios históricos.
Abstract This article proposes an analysis of the history of Brazilian historiography between the 1830s and the 1930s, placing Sérgio Buarque de Holanda’s Raízes do Brasil (1936) in the essay tradition of historical interpretation that characterized the first decades of the Republic. I suggest the hypothesis, based on the studies of Arnaldo Momigliano and Reinhart Koselleck, that among the conditions of emergence of this tradition are the relations between the critical erudition, which defines the historical method, and the synthetic intention, characteristic of the modern philosophy of history. In this sense, from varied sources, the study follows the movement that led to reflections on history in Brazil from the neighborhood with the philosophy to the forms of approximation with the social sciences, tracing the passage from the model of philosophical history to that of the sociological synthesis, in which historical essays can be inserted.
Contido em Revista brasileira de história. São Paulo, SP. Vol. 36, n. 73 (2016), p. [89]-110
Assunto História
Historiografia brasileira
Holanda, Sérgio Buarque de, 1902-1982. Raízes do Brasil
[en] Brazilian history of historiography
[en] Historical essay
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/159077
Arquivos Descrição Formato
001015383.pdf (129.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.