Repositório Digital

A- A A+

Análise de viabilidade econômica para primarização da gestão do almoxarifado de materiais

.

Análise de viabilidade econômica para primarização da gestão do almoxarifado de materiais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de viabilidade econômica para primarização da gestão do almoxarifado de materiais
Autor Silva, Moises Aldoir da
Orientador Padula, Antonio Domingos
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização em Gestão Empresarial.
Assunto Almoxarifado
Gestão empresarial
Primarização de serviços e/ou mão-de-obra
Terceirizacao : Administracao
Tomada de decisão
Viabilidade econômica
Resumo O trabalho foi realizado em razão da necessidade de se tomar uma decisão em relação ao futuro das atividades do almoxarifado da Aracruz Celulose unidade do Sul do País. Considera-se como ponto inicial do trabalho a questão do porquê as práticas aplicadas na unidade principal da Aracruz Celulose (Matriz), no ES, ainda não foram implementadas no RS. A unidade de Guaíba, no RS, foi comprada pela Aracruz, em 2003 e muitas atividades sofreram intervenções no sentido de padronização do modelo de gestão da Aracruz.Entretanto, as atividades do almoxarifado de sobressalentes para manutenção de insumos e balança continuam terceirizadas, ao contrário da Aracruz Matriz, onde as mesmas são todas desenvolvidas pela própria empresa. Levando em consideração esse aspecto, por que ainda não houve a padronização? Assim tem-se o dilema, o qual é objeto deste trabalho. Para tomada de decisão, fez-se necessária uma análise da situação atual das atividades da unidade do RS, considerando os aspectos de acuracidade dos estoques, e ,principalmente, a questão do custo com a terceirização. Dessa forma, compara-se o atual custo com relação aos custos de três alternativas para tomada de decisão. Atualmente, duas empresas realizam essas atividades.A primeira alternativa avaliada refere-se a manter as atividades terceirizadas, porém com apenas uma das empresas (Empresa A). A segunda alternativa refere-se à aplicação da mesma analogia, porém com a empresa “B”. E ,por fim, analisa-se a primarização dessas atividades. Observa-se que para os aspectos de custos, acuracidade, a primarização apresenta o melhor resultado.Entretanto, em relação ao modelo da Aracruz, para essas atividades, o mesmo só é melhor se houver um forte alinhamento entre as áreas de manutenção e suprimentos, ou seja, o objetivo tem que ser comum entre ambas.Se isso acontecer, esse modelo é o ideal, quando comparado com o modelo utilizado pela Riocell antes da compra pela Aracruz.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/159080
Arquivos Descrição Formato
000646566.pdf (128.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.