Repositório Digital

A- A A+

Presenças ferais : invasão biológica, javalis asselvajados (Sus scrofa) e seus contextos no Brasil meridional em perspectiva antropológica

.

Presenças ferais : invasão biológica, javalis asselvajados (Sus scrofa) e seus contextos no Brasil meridional em perspectiva antropológica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Presenças ferais : invasão biológica, javalis asselvajados (Sus scrofa) e seus contextos no Brasil meridional em perspectiva antropológica
Outro título Feral presences : biological invasion, wild boar (Sus scrofa) and its contexts in Southern Brazil from an anthropological perspective
Autor Dias, Caetano Kayuna Sordi Barbará
Orientador Lewgoy, Bernardo
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia social
Biossegurança
Caça
Invasão biológica
Javali
Manejo animal
Relação homem-animal
Rio Grande do Sul
[en] Anthropology
[en] Biological invasion
[en] European wild boar
[en] Southern Brazil
Resumo Esta tese examina as reações sociais ao processo de invasão biológica conduzido pelo javali asselvajado europeu (Sus scrofa) e seus cruzamentos com porcos domésticos, ou “javaporcos”, no Brasil Meridional desde um ponto de vista antropológico. Atualmente, esta espécie figura entre os cem piores organismos invasores do mundo conforme o painel sobre invasões biológicas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês). Presente no Brasil desde o final da década de 1980, o javali tem provocado inúmeros danos ao meio ambiente e à produção agropecuária, o que levou o Ministério do Meio Ambiente a decretar sua nocividade e a autorizar sua captura e abate em todo território nacional, por tempo indeterminado. Na região onde a etnografia se concentrou, conhecida como Campanha gaúcha, os suínos asselvajados têm protagonizado ataques ao rebanho ovino, o que os alçou à condição de inimigos da pecuária local. Partindo deste conflito e das negociações estabelecidas entre agentes públicos, proprietários rurais e controladores voluntários, a tese rastreia as controvérsias hoje vigentes no país a respeito do Sus scrofa, bem como as escolhas técnicas efetuadas na região tendo em vista seu controle e manejo. Da mesma maneira, examina os impactos da presença do javali na Campanha gaúcha a partir das relações e analogias estabelecidas pelos agentes locais entre este e outros problemas que afetam o seu cotidiano, como: demais processos de invasão biológica que afetam o bioma Pampa, o declínio socioeconômico da pecuária sulina e o abigeato fronteiriço. Por fim, a tese também analisa os novos contextos de biossegurança produzidos no Brasil a partir da legalização do abate do animal, sob o prisma do conceito antropológico de sacrifício. No plano teórico, a tese se guia pelo conceito de feralidade, nela empregado para refletir sobre a resistência da espécie às tentativas humanas de domesticá-la.
Abstract This thesis examines the social reactions to the biological invasion process of European wild boar (Sus scrofa) and their breed with domestic pigs, known as "javaporcos", in southern Brazil from an anthropological perspective. Currently, this species is among the top one hundred worst invasive species in the world, according to the panel on biological invasions of the International Union for Conservation of Nature (IUCN). Present in Brazil since the late 1980s, the boar has caused countless damage to the environment and agricultural production, which led the Ministry of Environment to declare it a harmful animal and to allow its capture and slaughter throughout the country, indefinitely. In the region where the ethnography was focused, known as Campanha gaúcha, feral swine have attacked the sheep, which made them enemies of the local ranching community. From this conflict and the negotiations between government officials, landowners and volunteer controllers, the thesis traces the current controversy in the country regarding Sus scrofa, as well as the technical choices made in the region to control and manage it. Similarly, the thesis examines the impact of the presence of boars in the Campanha gaúcha region, based on the relationships and analogies established by local agents between this and other issues that affect their daily lives, such as other biological invasion process that affect the Pampa biome, the socio-economic decline of the southern livestock raising industry and livestock raiding at the borders. Finally, the thesis also analyzes new biosecurity contexts created in Brazil after the slaughter of the animal was authorized, from the perspective of the anthropological concept of sacrifice. Theoretically, the thesis is guided by the concept of ferality, thus used to reflect upon the resistance of the species to human attempts to domesticate it.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/159101
Arquivos Descrição Formato
001022839.pdf (13.60Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.