Repositório Digital

A- A A+

Percepções de profissionais do jornalismo cultural sobre ethos jornalístico e mediação das artes visuais

.

Percepções de profissionais do jornalismo cultural sobre ethos jornalístico e mediação das artes visuais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepções de profissionais do jornalismo cultural sobre ethos jornalístico e mediação das artes visuais
Autor Silva, Luciano Alfonso da
Orientador Golin, Cida
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Análise do discurso
Assessoria de imprensa
Correio do Povo (Jornal). Caderno de Sábado
Jornalismo cultural
Jornalista
[en] Cultural journalism
[en] Discourse
[en] Ethos
[en] Journalism
[en] Press advisors
[en] Trust
Resumo Esta tese busca compreender as percepções sobre o papel da mediação que jornalistas especializados em artes visuais exercem no campo cultural e como articulam um ethos profissional no jornalismo contemporâneo. O estudo foi construído a partir da produção e análise de entrevistas com 11 profissionais da área, numa amostra intencional, centrada na relevância da atuação desses escolhidos nos subgrupos de jornalistas da mídia e assessores de imprensa, e na abrangência de suas produções no contexto do jornalismo no Brasil. Buscamos investigar o entendimento do que é ser jornalista, sob o ponto de vista de cada entrevistado, a partir do(s) lugar(es) que ocupa no espaço profissional; compilamos valores, crenças e normas que os entrevistados associam ao campo e quais destes hoje são questionados ou relativizados; verificamos a formação de competência profissional na área cultural, enquanto um território que mescla funções de jornalista e de especialista; examinamos pertencimentos existentes entre os agentes do campo jornalístico; e interrogamos o papel do jornalismo cultural como espaço tradutor e legitimador das experiências artísticas, estéticas e intelectuais, envolvendo uma cadeia produtiva de indivíduos ou grupos que ambiciona visibilidade social. Para a produção e análise do corpus, utilizamos a entrevista oral temática como recurso, juntamente com a Análise de Discurso (AD) de linha francesa como referencial teórico-metodológico, e filiamos nosso entendimento do jornalismo no paradigma interacionista. Buscamos compreender questões que estão além das rotinas e que se sustentam em bases mais profundas, amparadas essencialmente em valores que se configuram nas relações entre sujeitos e a partir de atributos ou predicados nem sempre tão perceptíveis. Diante disso, na análise das entrevistas, foi possível mapear quatro sentidos: a) ao profissional há uma condição de entrada neste campo, que é sua formação de competência ou repertório, a partir do aprendizado com colegas de profissão e pela aquisição do conhecimento formal; b) para efetuar a mediação jornalística é necessário ter uma posição de atuação para o entendimento das práticas exercidas por cada subgrupo; c) há uma relação entre estes profissionais que se estabelece através de um capital baseado na confiança; d) e uma matriz de percepção constante, um habitus, que compreende a ideia de uma autoimagem articulada por um ethos profissional. Apontamos para a importância da noção de confiança como virtude fundamental na inter-relação do jornalista e o social, assim como para o jornalista no contrato social firmado como mediador da realidade perante esta mesma sociedade.
Abstract The purpose of this thesis is to understand the perceptions about the role of mediation journalists specialize in visual arts in the cultural field and how they articulate a professional ethos in contemporary journalism. The study was built from the analysis of interviews done with 11 professionals who work in the area, an intentional sample taking into account the relevance of these subgroups of media journalists and press officers, and the extension of their work in the Brazilian journalism. We intended to investigate the understanding of what it is to be a journalist, considering each interviewee point of view, according to the place they occupy; we compiled values, beliefs and rules they associate with the area and which are questioned or relativized; we verified how to build competence for the cultural area, as being a territory that mixes the function of journalist and specialist; we examined the sense of belonging from the agents of journalism; and we questioned the role of cultural journalism as a space for translating and legitimize artistic, esthetic and intellectual experiments, involving a whole productive chain of individuals or groups who seek for social visibility. For the corpus analysis, we used thematic oral interview as a resource together with Discourse Analysis (DA) from French research line as theoretical-methodological reference, and linked our understanding of journalism to the interactionist paradigm. Our goal was to comprehend questions which are beyond routines and that are sustained by deeper bases, reinforced essentially by values which are configurated through the relations among individuals and by attributes or qualities not always perceptible. Taking that into account, after analyzing the interviews, it was possible to distinguish four aspects: a) there is a condition to enter the field of cultural journalism which is related to the competence or knowledge acquired by learning with workmates or through formal education; b) to make the journalistic mediation possible it is necessary to have a position for understanding the practices of each subgroup; c) there is a relation among these professionals established through trust; d) and a matrix of constant perception, a habitus that involves the ideia of self-image articulated by a professional ethos. We highlight the importance of this sense of trust as a fundamental attribute of the interaction between journalist and society, as well as for the journalist into the social agreement firmed to act as a mediator of reality for the same society.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/159118
Arquivos Descrição Formato
001022699.pdf (1.528Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.