Repositório Digital

A- A A+

Análise de risco e retorno entre empresas estatais e privadas listadas na BM&FBOVESPA : uma relação entre a conjuntura política e econômica

.

Análise de risco e retorno entre empresas estatais e privadas listadas na BM&FBOVESPA : uma relação entre a conjuntura política e econômica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de risco e retorno entre empresas estatais e privadas listadas na BM&FBOVESPA : uma relação entre a conjuntura política e econômica
Autor Kalsing, Camila
Orientador Perlin, Marcelo Scherer
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Análise de risco
Empresas estatais
Empresas privadas
Rio Grande do Sul
Variância
[en] Private companies
[en] Public companies
[en] Standart deviation
[en] Test F
[en] Variance
Resumo Este estudo analisa o risco e retorno que se observou no período de 2010 a 2016 comparativamente das empresas privadas e estatais listadas na bolsa de valores brasileira. A pesquisa procurou verificar se houve diferenças dos indicadores de risco e retorno das empresas estatais e privadas neste período em que o país viveu uma crise econômica e política. O período compreendido foi selecionado justamente em função do início dos episódios de crise econômica e política até o presente momento que o trabalho foi desenvolvido. A pesquisa está embasada na literatura sobre finanças e os indicadores mais comuns e utilizados na seção sobre risco e retorno no curso de administração, além de pesquisas anteriores sobre o tema. Os dados foram obtidos no software Economática, do site da BM&FBOVESPA e de outras fontes online, utilizou-se análise do desvio padrão, variância, retornos médios, histórico dos preços de ações selecionadas e o teste F. Verificou-se que as empresas estatais apresentaram menores retornos e riscos maiores, porém de acordo com o teste F das três carteiras, em duas a variação acompanhou as empresas privadas, enquanto em uma houve variações diferentes, indicando que não acompanhava a empresa privada.
Abstract This study analyzes the risk and return, observed during the years of 2010 and 2016, comparative between private and public companies listed in the Brazilian stock market (BM&FBOVESPA). The research tried to verify if there were differences between the indicators of risk and return of the private and public companies in that period of time, when the country has suffered political and economic crisis. The period selected for this study is because of the begining of the crisis and 2016 is the year of the development of this research. This work is based on the literature on finance and the most common and used indicators of risk and return in the business school, beyond that, previous researches were also considered. The data was collected from the 'Economática' software, BM&FBOVESPA's website and other online sources. The sources were used for the analysis of the standard deviation, variance, average return, F test and the historical prices of the selected stocks. It was verified that the public companies demonstrated lower returns and higher risks, however according to the F test of the three stock portfolios, two of them presented variations that followed the private companies, while in one there were different variations, indicating that it didn't followed the private companies.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159158
Arquivos Descrição Formato
001021910.pdf (953.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.