Repositório Digital

A- A A+

O caso das sandálias Havaianas, "as legítimas" made-in-China?

.

O caso das sandálias Havaianas, "as legítimas" made-in-China?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O caso das sandálias Havaianas, "as legítimas" made-in-China?
Autor Carrard, Samuel
Orientador Santos, Cristiane Pizzutti dos
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização em Gestão Empresarial.
Assunto Estratégia competitiva
Gestão empresarial
Internacionalização
Marketing
Planejamento estratégico
Tomada de decisão
Resumo A indústria de calçados vem rapidamente perdendo espaço no mercado mundial, com números cada vez menores de exportações. O volume de exportações de calçados brasileiros sofreu uma baixa de dez milhões de pares entre janeiro e maio deste ano. No total, foram vendidos lá fora 89,9 milhões de pares – ante 99,8 milhões no mesmo período do ano passado. Entre as regiões que mais sentem o recuo está o Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul. Segundo o Sindicato dos Sapateiros de Sapiranga e Região, mais de 11 mil pessoas já perderam os empregos no pólo calçadista gaúcho desde o início do ano. Mesmo assim, o setor registrou, nestes cinco meses, uma elevação de 8% no faturamento – que chegou a US$ 765 milhões, contra US$ 707 milhões do ano anterior. A principal justificativa para o crescimento é o aumento do preço médio do par do calçado vendido no mercado externo, como forma de atenuar as perdas causadas pelo câmbio. O problema é que, com o aumento do preço, as indústrias do país passam a sofrer ainda mais com a concorrência chinesa – que é responsável por 55% da produção global de calçados. Tentaremos, portanto, no decorrer deste estudo de ensino mostrar a complexidade de uma tomada de decisão, numa questão que preocupa o empresariado brasileiro, pois implica em um dos temas mais polêmicos da gestão empresarial que é a questão da mudança. Sendo que, neste caso mais específico, o dilema se configura na decisão de estruturar uma planta produtiva na china, deixando de fabricar os produtos no Brasil, devido à concorrência chinesa, que vem ao longo dos anos, massacrando nossas empresas, através de dos incentivos fiscais. Portanto, neste trabalho, iremos mostrar vários aspectos no que diz respeito à necessidade de mudança e ao posicionamento da marca Havaianas.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/159159
Arquivos Descrição Formato
000647201.pdf (10.81Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.